Mercado fechado
  • BOVESPA

    110.036,79
    +2.372,44 (+2,20%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.626,80
    -475,75 (-1,05%)
     
  • PETROLEO CRU

    79,74
    -1,49 (-1,83%)
     
  • OURO

    1.668,30
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    19.434,67
    -55,62 (-0,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    443,49
    +0,06 (+0,01%)
     
  • S&P500

    3.585,62
    -54,85 (-1,51%)
     
  • DOW JONES

    28.725,51
    -500,10 (-1,71%)
     
  • FTSE

    6.893,81
    +12,22 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    17.222,83
    +56,96 (+0,33%)
     
  • NIKKEI

    25.937,21
    -484,84 (-1,83%)
     
  • NASDAQ

    11.058,25
    -170,00 (-1,51%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,3079
    +0,0099 (+0,19%)
     

Brasil contabiliza em julho fluxo cambial positivo de US$1,834 bi, mostra BC

Notas de dólares

SÃO PAULO (Reuters) - O fluxo cambial ao Brasil ficou positivo em 1,834 bilhão de dólares em julho, com novamente a conta comercial mais do que compensando saídas nas operações financeiras, mostraram dados do Banco Central nesta quarta-feira.

O saldo entre o câmbio contratado para exportação e o para importação foi superavitário em 2,974 bilhões de dólares, enquanto a conta financeira --em que são registradas trocas de dinheiro referentes a empréstimos externos, remessas de lucros e dividendos e fluxos de portfólio, por exemplo-- teve resultado negativo de 1,141 bilhão de dólares.

Nos sete primeiros meses de 2022, o fluxo cambial mostrou sobra de 20,968 bilhões de dólares, acima do ingresso líquido de 16,172 bilhões de dólares do mesmo período no ano passado.

O BC segue atualizando os números do fluxo cambial depois de semanas sem divulgar os dados devido a paralisações de servidores, mas o atraso caiu para uma semana.

Outros indicadores, porém, já estão em seus cronogramas usuais de atualização. Em agosto até dia 5, por exemplo, o BC registrou perda contábil de 2,676 bilhões em seu estoque de contratos de swap cambial no mercado. No acumulado do ano, porém, há superávit de 76,816 bilhões de dólares.

(Por José de Castro)