Mercado fechado
  • BOVESPA

    100.591,41
    -172,20 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.435,45
    +140,62 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,84
    +2,27 (+2,07%)
     
  • OURO

    1.821,40
    -3,40 (-0,19%)
     
  • BTC-USD

    20.350,58
    -528,22 (-2,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    441,05
    -9,01 (-2,00%)
     
  • S&P500

    3.821,55
    -78,56 (-2,01%)
     
  • DOW JONES

    30.946,99
    -491,27 (-1,56%)
     
  • FTSE

    7.323,41
    +65,09 (+0,90%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    11.680,50
    -360,00 (-2,99%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5412
    -0,0029 (-0,05%)
     

Brasil confirma 1º caso de varíola dos macacos

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Brasil identificou, nesta quarta-feira (8), o primeiro caso nacional da varíola dos macacos (monkeypox). O paciente foi diagnosticado com a infecção viral na cidade de São Paulo e, agora, está em isolamento. No mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) já confirma mais de 780 casos oficiais da doença em países não endêmicos.

O primeiro paciente a ser infectado pela varíola dos macacos no Brasil é um homem de 41 anos, que retornou recentemente de uma viagem à Espanha — aqui, cabe destacar que a Europa é um dos epicentros dos surtos da doença. Segundo informação do G1, o doente está em isolamento no Hospital Emílio Ribas, na Zona Oeste da capital.

Primeiro caso brasileiro da varíola dos macacos é confirmado na cidade de São Paulo (Imagem: Dr. Noble/CDC)
Primeiro caso brasileiro da varíola dos macacos é confirmado na cidade de São Paulo (Imagem: Dr. Noble/CDC)

Anteriormente, um brasileiro já foi diagnosticado com o vírus monkeypox. No entanto, o paciente foi diagnosticado na Alemanha, durante as férias, e se manteve em isolamento no país europeu.

Mais um caso suspeito da varíola dos macacos em SP

Além do primeiro caso oficial da varíola dos macacos, a Prefeitura de São Paulo monitora o estado de saúde de um outro paciente suspeito para a infecção. Ainda em investigação, uma mulher, de 26 anos, está hospitalizada. Segundo a equipe médica responsável, o quadro se assemelha com o da doença.

Vale lembrar que os primeiros sintomas da doença tendem a ser febre, dor de cabeça, dores musculares, dor nas costas, gânglios inchados, calafrios e exaustão. Entre 24 e 36 horas do início da febre, os especialistas apontam para o aparecimento das primeiras erupções na pele. Este é o marcador da condição.

Pacientes com suspeita da infecção no Brasil

No começo desta quarta (8), o Ministério da Saúde chegou a informar que a pasta acompanhava nove casos suspeitos da varíola dos macacos, sendo que um deles já foi descartado — o suspeito estava em isolamento no Ceará. O caso confirmado de São Paulo ainda não estava na contagem.

A seguir, confira onde casos da varíola dos macacos são investigados:

  • Santa Catarina: dois casos estão em análise, sendo um no municípios de Blumenau e outro em Dionísio Cerqueira;

  • Rondônia: dois casos estão em investigação na cidade de Rio Crespo;

  • São Paulo: um caso suspeito na capital — e, agora, sabemos de outro confirmado;

  • Ceará: um caso em investigação na cidade de Pacatuba;

  • Rio Grande do Sul: um caso suspeito em Porto Alegre;

  • Mato Grosso do Sul: um caso de estrangeiro em investigação na cidade de Corumbá.

Até o momento, a Saúde não comentou o caso da infecção pela varíola dos macacos diagnosticado na cidade de São Paulo.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos