Mercado abrirá em 8 h 16 min
  • BOVESPA

    101.016,96
    -242,79 (-0,24%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.245,86
    -461,86 (-1,19%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,71
    +0,15 (+0,39%)
     
  • OURO

    1.910,10
    +4,40 (+0,23%)
     
  • BTC-USD

    13.079,49
    -29,29 (-0,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    260,63
    -2,78 (-1,06%)
     
  • S&P500

    3.400,97
    -64,42 (-1,86%)
     
  • DOW JONES

    27.685,38
    -650,19 (-2,29%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.653,07
    -265,71 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    23.428,70
    -65,64 (-0,28%)
     
  • NASDAQ

    11.505,00
    +12,75 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6454
    +0,0049 (+0,07%)
     

Brasil se aproxima das 145 mil mortes por covid-19, aponta consórcio de imprensa

·2 minutos de leitura

De acordo com o balanço desta quinta, fechado às 20h, foram registradas 881 mortes pela doença de ontem pra hoje, chegando ao total de 144.767 óbitos O Brasil registrou 35.643 casos de covid-19 nas últimas 24 horas elevando o total de infectados a 4.849.229, segundo levantamento desta quinta-feira (1º de outubro) feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde do país. A média móvel de casos foi 27.046 por dia, uma queda de 11% em relação aos casos registrados em 14 dias. De acordo com o balanço de hoje, fechado às 20h, foram registradas 881 mortes pela doença de ontem pra hoje, chegando ao total de 144.767 óbitos provocados pelo novo coronavírus. A média móvel de novas mortes no Brasil na última semana foi de 698 por dia, um recuo de 9% em relação aos dados registrados em 14 dias. Os dados divulgados pelo consórcio de imprensa foram obtidos após uma parceria inédita entre G1, “O Globo”, “Extra”, “O Estado de S.Paulo”, “Folha de S.Paulo” e UOL, que passaram a trabalhar de forma colaborativa desde o dia 8 de junho para reunir as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal. Dados do governo Já segundo o Ministério da Saúde, o país contabiliza 144.680 mortes causadas pelo novo coronavírus. De acordo com as informações desta quinta da pasta, 728 óbitos foram registrados nas últimas 24 horas. De acordo com o balanço mais recente, fechado às 16h30, de ontem para hoje foram computados mais 36.157 casos da doença, elevando o total de infectados no país para 4.847.092. Segundo o órgão, os dados oficiais apontam 4.212.772 pacientes recuperados — número corrigido posteriormente pelo ministério — e 489.640 sob acompanhamento. Também há 2.440 ocorrências sob investigação. São Paulo é o Estado com mais mortes (35.804) e casos confirmados (991.725) de covid-19. A Bahia é o segundo Estado com mais casos (312.050) e o Rio de Janeiro é o segundo com mais óbitos (18.567).