Mercado fechará em 2 h 22 min
  • BOVESPA

    105.639,97
    +1.173,73 (+1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.184,29
    +256,91 (+0,50%)
     
  • PETROLEO CRU

    67,85
    +1,35 (+2,03%)
     
  • OURO

    1.777,20
    +14,50 (+0,82%)
     
  • BTC-USD

    55.510,05
    -711,25 (-1,27%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.411,58
    -30,18 (-2,09%)
     
  • S&P500

    4.534,83
    -42,27 (-0,92%)
     
  • DOW JONES

    34.533,87
    -105,92 (-0,31%)
     
  • FTSE

    7.115,84
    -13,37 (-0,19%)
     
  • HANG SENG

    23.766,69
    -22,24 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    28.029,57
    +276,20 (+1,00%)
     
  • NASDAQ

    15.702,25
    -286,25 (-1,79%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3944
    +0,0142 (+0,22%)
     

Brasil é o 5º país mais caro para se ter carro zero km

·1 min de leitura
Os dados foram obtidos com base no salário médio de cada país
Os dados foram obtidos com base no salário médio de cada país
  • Estudo foi feito pela consultoria britânica Scrap Car Comparison

  • Custo de compra e pagamento das despesas impacta 441,89% na renda média salarial do brasileiro;

  • Austrália é o lugar mais barato para ter carro 0 km, custo impacta 49,4% na média salarial.

Nem luxo, nem lixo: carro é uma necessidade, mas como manter esse bem tão caro no Brasil? Um estudo feito pela consultoria britânica Scrap Car Comparison revelou que o Brasil é o quinto país mais caro do mundo para a compra e manutenção de automóveis 0 km. O custo de compra e pagamento das despesas de um carro 0 km impacta 441,89% na renda média salarial do brasileiro.

Leia também:

Os dados foram obtidos com base no salário médio de cada país, o custo médio de compra de carros 0 km e o custo de manutenção médio de um carro em cada país. Uruguai, Colômbia, Argentina e Turquia estão na frente do Brasil no ranking. Já a Austrália é o lugar onde ter carro 0 km é mais barato. O custo de compra e despesas impactam 49,4% na renda média salarial.

Confira as listas e quanto o custo impacta na renda em cada país. Entre os mais caros estão respectivamente: Turquia (652,29%), Argentina (515,77%), Colômbia (508,93%), Uruguai (443,68%), Brasil (441,89%), Ucrânia (413,78%), Guatemala (355,94%), Rússia (290,04%), México (285,20%) e Costa Rica (269,83%). Enquanto os mais baratos: Austrália (49,48%), Estados Unidos (54,87%), Dinamarca (60,34%), Canadá (64,40%), Suécia (75,84%), Alemanha (78,44%), Holanda (84,65%), França (87,00%), Reino Unido (89,36%) e Finlândia (91,58%).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos