Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.294,68
    +997,55 (+0,84%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.329,84
    +826,13 (+1,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    62,73
    -0,42 (-0,67%)
     
  • OURO

    1.739,90
    +3,60 (+0,21%)
     
  • BTC-USD

    62.798,62
    -607,45 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.363,31
    -12,46 (-0,91%)
     
  • S&P500

    4.124,66
    -16,93 (-0,41%)
     
  • DOW JONES

    33.730,89
    +53,62 (+0,16%)
     
  • FTSE

    6.939,58
    +49,09 (+0,71%)
     
  • HANG SENG

    28.900,83
    +403,63 (+1,42%)
     
  • NIKKEI

    29.742,96
    +121,97 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    13.825,25
    +26,50 (+0,19%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7759
    +0,0030 (+0,04%)
     

Brasil bate novo recorde de mortos por Covid em 24 horas

·1 minuto de leitura
O novo ministro da Saúde, Marcelo Queiroga

O Brasil registrou nesta terça-feira um recorde de 2.841 mortos pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, 555 a mais do que o recorde anterior, do último dia 10, confirmando as piores previsões sobre uma pandemia fora de controle no primeiro dia de gestão do novo ministro da Saúde.

O país soma 282.127 mortos por Covid-19, número que cresce rapidamente desde o começo de fevereiro, com uma média de 1.965 mortes diárias nos últimos sete dias, segundo o Ministério da Saúde. No começo do ano, a média de sete dias era de 703 mortos.

O governo também reportou 83.926 infectados nas últimas 24 horas, segunda cifra mais alta desde o começo da pandemia, em fevereiro de 2020, somando 11.603.535.

O Brasil é o segundo país com mais mortos pela Covid-19, atrás dos Estados Unidos.

val/js/lb