Mercado abrirá em 9 h 40 min
  • BOVESPA

    128.767,45
    -497,51 (-0,38%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.129,88
    -185,81 (-0,37%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,08
    +0,02 (+0,03%)
     
  • OURO

    1.783,10
    +5,70 (+0,32%)
     
  • BTC-USD

    33.844,32
    +1.077,61 (+3,29%)
     
  • CMC Crypto 200

    809,80
    +15,47 (+1,95%)
     
  • S&P500

    4.246,44
    +21,65 (+0,51%)
     
  • DOW JONES

    33.945,58
    +68,61 (+0,20%)
     
  • FTSE

    7.090,01
    +27,72 (+0,39%)
     
  • HANG SENG

    28.688,23
    +378,47 (+1,34%)
     
  • NIKKEI

    28.916,68
    +32,55 (+0,11%)
     
  • NASDAQ

    14.296,00
    +37,75 (+0,26%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9130
    -0,0068 (-0,11%)
     

Brainard, do Fed, diz que banco central está intensificando exploração do dólar digital

·1 minuto de leitura
Diretora do Fed Lael Brainard fala durante evento na Harvard University em Cambridge

Por Jonnelle Marte e Howard Schneider

(Reuters) - O Federal Reserve está intensificando suas pesquisas e outros esforços para explorar o potencial desenvolvimento de uma versão digital do dólar norte-americano em um momento em que mais consumidores estão usando pagamentos digitais e outros governos estão avançando com suas próprias moedas digitais, disse a diretora do Fed, Lael Brainard, nesta segunda-feira.

Como detentores da moeda de reserva mundial, os Estados Unidos devem estar altamente envolvidos à medida que os pagamentos digitais se tornam mais comuns e outros países desenvolvem moedas digitais que podem ser usadas para enviar dinheiro através das fronteiras, disse Brainard.

"O Federal Reserve está intensificando sua pesquisa e engajamento público em uma versão digital do dólar norte-americano", disse Brainard em declarações preparadas para um evento virtual da CoinDesk.

O banco central também deve antecipar as mudanças nas tendências de consumo e garantir que os norte-americanos tenham acesso ao "dinheiro seguro do banco central" à medida que os pagamentos digitais se tornam mais populares, complementou.

A maior disponibilidade de opções de pagamento digital de empresas privadas também ameaça "fragmentar" o espaço de pagamentos de forma que poderá criar atritos e deixar alguns consumidores de fora, alertou Brainard.

As principais questões de política econômica e tecnológicas terão de ser abordadas antes que o governo dos EUA possa avançar com uma moeda digital que seja inclusiva e segura, disse. Os formuladores de políticas monetárias também precisarão encontrar um equilíbrio entre o desenvolvimento de uma moeda digital que ofereça privacidade às famílias e, ao mesmo tempo, evite atividades ilícitas, acrescentou ela.

(Por Jonnelle Marte e Howard Schneider)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 5047 2838))

REUTERS PVB CMO

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos