Mercado fechará em 2 h 52 min
  • BOVESPA

    110.428,34
    +1.584,60 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.701,76
    +144,11 (+0,29%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,45
    +0,16 (+0,23%)
     
  • OURO

    1.777,50
    +13,70 (+0,78%)
     
  • BTC-USD

    42.402,48
    -1.495,82 (-3,41%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.059,67
    -4,18 (-0,39%)
     
  • S&P500

    4.369,46
    +11,73 (+0,27%)
     
  • DOW JONES

    34.077,77
    +107,30 (+0,32%)
     
  • FTSE

    6.980,98
    +77,07 (+1,12%)
     
  • HANG SENG

    24.221,54
    +122,40 (+0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.839,71
    -660,34 (-2,17%)
     
  • NASDAQ

    15.066,00
    +56,50 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2000
    -0,0447 (-0,72%)
     

Bradesco tem lucro maior no 2º tri com queda de provisões

·2 minuto de leitura
Logotipo do Bradesco.

Por Carolina Mandl

SÃO PAULO (Reuters) - O Bradesco divulgou nesta terça-feira alta de 63,2% no lucro líquido do segundo trimestre, apoiado em forte queda na provisão para inadimplência, depois que as perdas esperadas decorrentes dos efeitos da pandemia não se materializaram.

O lucro líquido recorrente somou 6,3 bilhões de reais, quase em linha com projeção de 6,454 bilhões compilada pela Refinitiv com analistas. O retorno sobre patrimônio foi de 17,6%.

Apesar do lucro maior, o negócio de seguros do banco, que inclui planos de vida e previdência, foi prejudicado pela segunda onda de Covid-19 no Brasil no trimestre. Os ganhos dentro desta unidade caíram 58,3%, para 1,574 bilhão de reais.

O banco revisou a projeção de 2021 para os resultados de seguros para uma queda entre 15% e 20%. Antes, o banco esperava um crescimento entre 2% e 6%. As estimativas para carteira de crédito, receita de tarifas e perdas com calotes foram mantidas.

No segundo trimestre, as provisões para devedores duvidosos caíram 60,8% em relação ao ano anterior, a 3,487 bilhões de reais. O Bradesco reservou 3,8 bilhões de reais no segundo trimestre de 2020 para perdas esperadas com a crise provocada pela pandemia, mas isso não se materializou.

O pagamento da dívida está ocorrendo em níveis mais altos do que o esperado, em meio a uma recuperação da atividade econômica à medida que a vacinação ganhou força.

O índice de inadimplência em 90 dias ficou em 2,5%, estável em relação ao trimestre anterior.

Impulsionado por um cenário econômico mais otimista, o Bradesco também concedeu mais crédito, principalmente aos consumidores. Sua carteira de crédito cresceu 9,9% em relação ao ano anterior e 3% no trimestre.

O lucro também foi ajudado por custos operacionais menores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos