Bradesco e Itaú lideram em renda fixa, aponta Anbima

O Bradesco BBI foi a instituição que mais originou operações de emissão de títulos de renda fixa em 2012, participando com R$ 27,7 bilhões em transações, sendo 25,3% do total captado no mercado, mostra ranking da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais (Anbima), divulgado nesta quarta-feira. No ranking das instituições que mais distribuíram operações de renda fixa ao mercado no ano passado, o líder é o Itaú BBA, com R$ 13,14 bilhões em operações, ou 29,5% do total.

O ranking de "originação" mostra emissões que podem ter ficado na carteira dos bancos que coordenaram a operação. No ranking de distribuição estão somente operações em que houve esforço para colocação no mercado.

No ranking das instituições que mais atuaram como líderes e colíderes de emissões no mercado externo, a lista é encabeçada pelo banco norte-americano JPMorgan, que atuou em R$ 26,3 bilhões de operações externas em 2012.

No ranking de originação, o segundo lugar é ocupado pelo Itaú BBA, com R$ 23,5 bilhões de operações (21,6% do mercado), e o terceiro pelo Banco do Brasil, com R$ 21,3 bilhões (19,5%). O ranking de distribuição tem em segundo lugar o Bradesco BBI, que distribuiu R$ 7,2 bilhões (16,1% do mercado) e o BTG Pactual em terceiro, com a distribuição de R$ 6,9 bilhões de operações de renda fixa (14,7%).

O ranking de captações externas traz em segundo lugar o Banco do Brasil como a instituição que mais atuou como líder e colíder nas emissões feitas por empresas brasileiras, participando de US$ 26,1 bilhões de emissões, seguido pelo Citigroup, com US$ 22,5 bilhões de operações externas.

Em operações de renda variável, o ranking de originação de 2012 da Anbima é ocupado pelo BTG Pactual, com R$ 1,6 bilhão, seguido pelo Bradesco BBI (R$ 1,59 bilhão) e pelo BB (R$ 1,48 bilhão). O ranking de distribuição de renda variável do ano passado tem como líder o BTG Pactual, com R$ 3,5 bilhões, seguido pelo Itaú BBA (R$ 1,54 bilhão) e pelo Bradesco BBI (R$ 1,38 bilhão).

Carregando...