Mercado abrirá em 8 h 50 min
  • BOVESPA

    113.583,01
    +300,34 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.598,53
    +492,82 (+0,96%)
     
  • PETROLEO CRU

    76,11
    +0,66 (+0,87%)
     
  • OURO

    1.749,50
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    42.678,25
    -1.384,07 (-3,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.057,02
    -44,50 (-4,04%)
     
  • S&P500

    4.443,11
    -12,37 (-0,28%)
     
  • DOW JONES

    34.869,37
    +71,37 (+0,21%)
     
  • FTSE

    7.063,40
    +11,92 (+0,17%)
     
  • HANG SENG

    24.570,55
    +361,77 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    30.131,11
    -108,95 (-0,36%)
     
  • NASDAQ

    15.149,00
    -45,75 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2923
    -0,0145 (-0,23%)
     

BR Distribuidora agora é Vibra Energia e quer levantar R$ 1 bi

·1 minuto de leitura
BR Distribuidora muda de nome e quer levantar R$ 1 bi com vendas de ativos.
BR Distribuidora muda de nome e quer levantar R$ 1 bi com vendas de ativos.
  • Valor será levantado com a venda de até 25 ativos;

  • Objetivo é se posicionar bem no mercado de energia elétrica e substituir combustíveis poluentes;

  • Companhia quer vender a concessionária ESGás para sair da distribuição e focar na comercialização;

De olho em R$ 1 bilhão com a venda de até 25 ativos que não tem mais interesse, a BR Distribuidora (BRDT3) seu nome para Vibra Energia. A empresa divulgou, no balanço do segundo trimestre, avanços nas negociações para três de seus ativos que devem gerar cerca de R$ 130 milhões até o final deste ano.

O objetivo dos desinvestimentos faz parte de um plano maior de migração da companhia para negócios mais promissores. A Vibra está concluindo uma ampla revisão estratégica que contempla a transição energética para uma economia de baixo carbono.

Leia também:

A companhia visa se posicionar bem no mercado de energia elétrica e substituir combustíveis poluentes por outros de menor impacto, como o gás natural. Dentro dessa nova visão, a empresa pretende vender cerca de 250 imóveis de postos de combustíveis.

Na comercialização de energia elétrica, a Vibra possui agora a Targus, recém-adquirida e que demonstra grande potencial de ganho de relevância no portfólio de negócios da distribuidora. Enquanto no segmento de gás, a companhia anunciou recentemente a intenção de vender a concessionária ESGás para sair da distribuição e focar na comercialização.

Para as ações da Vibra Energia (BRDT3), a notícia é positiva. A partir dos desinvestimentos, a companhia poderá melhor compatibilizar a base de ativos com sua operação, reduzindo a ociosidade, otimizando custos e liberando parte do capital empregado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos