Bovespa fecha 2012 com R$ 1,822 bi em recursos externos

Os investidores estrangeiros deixaram um saldo líquido de R$ 1,822 bilhão na Bovespa em 2012, quando o principal índice da Bovespa acumulou alta de 7,40%. No ano anterior, estes investidores haviam retirado R$ 1,351 bilhão.

Em dezembro, a Bovespa acumulou ingressos de R$ 3,715 bilhões em recursos externos, o segundo maior do ano, só superado pelo mês de janeiro, quando as entradas foram de R$ 7,168 bilhões. O montante do mês passado corresponde a compras de R$ 58,294 bilhões e vendas de R$ 54,579 bilhões em ações, acumuladas entre os dias 3 e 28 de dezembro.

No último pregão do ano, na sexta-feira (28), os estrangeiros estiveram mais presentes na ponta compradora, o que resultou na entrada de R$ 317,432 milhões em recursos externos. Naquele pregão, o Ibovespa fechou em alta de 0,89%, aos 60.952,08 pontos, e o volume financeiro foi de R$ 5,93 bilhões.

Em dezembro, além dos estrangeiros, as instituições financeiras também tiveram ingressos de R$ 417,770 milhões na Bolsa. Na ponta oposta, as pessoas físicas lideraram as retiradas, com R$ 2,443 bilhões, seguidas pelos investidores institucionais, com saques de R$ 1,298 bilhão e pelas empresas públicas e privadas, com R$ 377,122 milhões.

Carregando...