Bovespa cai e fecha com menor pontuação e giro do ano

Os dados desanimadores de crescimento econômico na zona do euro e no Japão aumentaram a aversão ao risco e levaram a Bovespa a renovar a pontuação mínima do ano nesta quinta-feira. Durante o pregão, o Ibovespa chegou a ser negociado na casa dos 57 mil pontos. As companhias ligadas a commodities foram as mais prejudicadas, com Vale caindo mais de 1%. O cenário só não foi pior porque as ações da Petrobras tiveram queda menos expressiva. O giro financeiro também foi o pior do ano, totalizando R$ 5,321 bilhões.

O Ibovespa encerrou a sessão em baixa de 0,56%, aos 58.077,31 pontos, patamar mais baixo desde 6 de dezembro do ano passado (57.656,42 pontos). O índice ficou no vermelho durante todo o pregão. Na mínima, recuou 1,12%, aos 57.751 pontos e, na máxima, ficou estável, aos 58.406 pontos. No mês, a Bovespa acumula perda de 2,82% e, no ano, de 4,72%.

"Os números do PIB (Produto Interno Bruto) do Japão e da Europa não agradaram a ninguém e tiveram impacto nas ações que têm mais peso no Ibovespa", afirmou o superintendente da CGD Securities, Raffi Dokuzian, citando os setores de petróleo, mineração e financeiro. O PIB da zona do euro e o das maiores economias do bloco - Alemanha, França e Itália - tiveram contração no quarto trimestre de 2012.

Ele acrescentou que, além do ambiente externo desfavorável, o volume negociado na Bovespa foi fraco, o que acaba intensificando os movimentos de alta ou baixa no mercado acionário. "A coisa está frágil; com giro baixo fica mais frágil ainda", destacou. Das 69 ações que compõe a carteira teórica do Ibovespa, 24 fecharam no azul.

Os papéis da Petrobras recuaram 0,50% os ON e 0,73% os PN. OGX ON apresentou queda de 1,86%.

No caso da Vale, a queda foi mais intensa; as ações ON perderam 1,36% e as PNA registraram declínio de 1,76%. Os papéis da companhia também foram pressionados pela divulgação de um balanço fraco da concorrente anglo-australiana Rio Tinto, que anunciou seu primeiro prejuízo líquido anual em 2012, de US$ 2,99 bilhões, prejudicada por uma forte queda nos preços do minério de ferro, entre outras commodities.

Em Wall Street, no final da tarde, o índice Dow Jones perdia 0,03%, o S&P 500 avançava 0,11% e o Nasdaq tinha ganho de 0,06%.

cotações recentes

 
Cotações recentes
Símbolo Preço Variação % Var 
Seus tickers vistos mais recentemente aparecerão aqui automaticamente se você digitou um ticker no campo "Inserir símbolo/empresa" na parte inferior deste módulo.
É necessário permitir os cookies do seu navegador para ver as cotações mais recentes.
 
Entre para ver as cotações nos seus portfólios.

Resumo do Mercado

  • Moedas
    Moedas
    NomePreçoVariação% Variação
    3,06280,000,00%
    USDBRL=X
    3,2317-0,0011-0,03%
    EURBRL=X
    0,9474+0,0002+0,02%
    USDEUR=X
  • Commodities
    Commodities
    NomePreçoVariação% Variação

Destaques do Mercado

  • Líderes em Volume
    Líderes em Volume
    NomePreçoVariação% Variação
    15,70-0,39-2,42%
    PETR4.SA
    33,02-0,71-2,10%
    VALE5.SA
    5,89-0,21-3,44%
    GOAU4.SA
    10,35+0,05+0,49%
    ITSA4.SA
    11,00-0,25-2,22%
    CMIG4.SA
  • Altas %
    Altas %
    NomePreçoVariação% Variação
    8,15+3,30+68,04%
    CRPG5.SA
    8,04+2,45+43,83%
    CRPG6.SA
    9,00+2,01+28,76%
    SLED3.SA
    6,00+1,15+23,71%
    USIM6.SA
    8,96+1,59+21,57%
    HBTS5.SA
  • Baixas %
    Baixas %
    NomePreçoVariação% Variação
    23,04-8,46-26,86%
    BRSR5.SA
    27,10-8,60-24,09%
    BRSR3.SA
    8,10-1,15-12,43%
    CREM3.SA
    1,94-0,25-11,42%
    BBRK3.SA
    2,88-0,35-10,84%
    PDGR3.SA