Mercado fechará em 3 h 24 min
  • BOVESPA

    111.511,04
    +838,28 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.456,26
    +53,56 (+0,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,37
    +0,41 (+0,49%)
     
  • OURO

    1.784,00
    +13,50 (+0,76%)
     
  • BTC-USD

    66.592,80
    +3.980,48 (+6,36%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.543,81
    +63,01 (+4,26%)
     
  • S&P500

    4.534,59
    +14,96 (+0,33%)
     
  • DOW JONES

    35.595,69
    +138,38 (+0,39%)
     
  • FTSE

    7.226,35
    +8,82 (+0,12%)
     
  • HANG SENG

    26.136,02
    +348,81 (+1,35%)
     
  • NIKKEI

    29.255,55
    +40,03 (+0,14%)
     
  • NASDAQ

    15.407,50
    +9,00 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4567
    -0,0395 (-0,61%)
     

Botijão pode passar de R$ 100 com disparada do preço internacional do gás

·3 minuto de leitura
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 12.11.2012: GÁS-LIQUIGAS - O proprietário de revendedora da Liquigas, Elder Max Silva Alves, fala ao telefone ao lado de pilha de botijões vazios, na Vila Mariana na zona sul de São Paulo. A greve dos envazadores de gás já dura nove dias e prejudica distribuição em várias regiões da capital. (Foto: Gabo Morales/Folhapress)
*ARQUIVO* SÃO PAULO, SP, 12.11.2012: GÁS-LIQUIGAS - O proprietário de revendedora da Liquigas, Elder Max Silva Alves, fala ao telefone ao lado de pilha de botijões vazios, na Vila Mariana na zona sul de São Paulo. A greve dos envazadores de gás já dura nove dias e prejudica distribuição em várias regiões da capital. (Foto: Gabo Morales/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - A escalada da cotação internacional do propano, matéria-prima para o gás de cozinha, joga pressão sobre os preços do botijão, que já se aproximam dos R$ 100, em média, no país. Em alguns locais mais distantes, esse valor até já é praticado. Apesar desse aumento pesar no bolso do consumidor, o mercado vê grande defasagem dos preços internos e espera novo reajuste em breve.

Impulsionada pela demanda chinesa por matérias-primas petroquímicas, a cotação do propano na região do Golfo do México, nos Estados Unidos, subiu quase 15% em um mês. Em 2021, o valor do produto tem alta acumulada de 96%.

Os preços desse combustível costumam subir durante o inverno no hemisfério norte, quando a demanda por aquecimento cresce.

"Este ano, contudo, os preços subiram durante os meses de verão, quando os estoques normalmente são recompostos, devido à alta demanda internacional e à menor oferta global", diz o Departamento de Energia dos Estados Unidos.

O movimento, diz a agência de informações do departamento, é global. O desequilíbrio entre a crescente demanda e a reduzida produção, afirma, levou os preços na Ásia e na Europa a mais do que dobrarem no período de um ano.

Assim, a tendência é que as elevadas cotações se mantenham pelos próximos meses, com possíveis impactos para o consumidor brasileiro, que já vem sofrendo com a escalada interna em meio ao um cenário de elevado desemprego.

A Petrobras não reajusta o preço do gás de cozinha desde o início de julho, quando promoveu aumento de 6%, e vem operando abaixo da paridade de importação calculada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) há três semanas consecutivas.

Na semana passada, seu preço de venda em Santos, um dos dois pontos de importação do produto no país, estava 7% abaixo do valor considerado adequado pelo órgão regulador. Empresas do setor, porém, falam que a diferença é ainda maior, considerando que a estatal tem ganhos de eficiência nas importações.

A Petrobras vem repetindo que mantém a política de alinhamento às cotações internacionais, mas "busca evitar o repasse imediato para os preços internos da volatilidade externa causada por eventos conjunturais".

A estatal alega também que o conceito de paridade de importação varia de acordo com a estrutura e a eficiência comercial de uma empresa. Durante parte do ano, segundo os dados da ANP, a Petrobras praticou preços do gás acima da paridade de importação.

Na semana passada, a companhia foi alvo de críticas do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e do presidente da Câmara, Arthur Lira (DEM-AL) por mexer nos preços com muita frequência. Lira chegou a sugerir que a empresa deveria "dividir com o povo brasileiro o pouco da riqueza".

Embora a Petrobras não tenha mexido no preço do gás de cozinha desde julho, o produto continua em alta na revenda. Na semana passada, o botijão bateu R$ 98,33, alta de 1,5% em relação ao praticado na semana anterior e de 5% em um mês.

Apenas em 2021, o o preço médio do botijão de 13 quilos subiu 30%. No ano, a Petrobras aumentou seu preço de refinaria em 38%, acompanhando a recuperação do petróleo e a desvalorização cambial.

O cenário vem levando famílias de baixa renda a optar por lenha ou carvão para cozinhar, o que gerou no Congresso um esforço para aprovar um subsídio para a compra do combustível.

Na semana passada, o deputado federal Christino Áureo (PP-RJ) concluiu relatório sobre projeto de lei que cria o programa Gás Social, que garantiria metade do valor do botijão a inscritos nos programas sociais do governo com recursos dos royalties do petróleo e da Cide (contribuição cobrada sobre a venda de combustíveis).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos