Mercado fechará em 3 h 21 min

Boticário pretende usar apenas veículos elétricos até 2025

·1 min de leitura
Meta é que toda a frota do Grupo Boticário seja 100% elétrica até 2025
Meta é que toda a frota do Grupo Boticário seja 100% elétrica até 2025

O Grupo Boticário anunciou um plano de adaptação em suas operações logísticas que inclui a utilização apenas de veículos elétricos em suas entregas. A meta é que toda a frota da companhia seja 100% mais sustentável até 2025.

Já nesta semana, a frota de entregas de São Paulo e região metropolitana está recebendo os primeiros 14 veículos elétricos. Até o final do ano, o modal sustentável se expandirá para Curitiba e Belo Horizonte.

Leia também:

Em abril, o Grupo Boticário se encarregou de cumprir 16 compromissos socioambientais previstos na plataforma "Uma Beleza de Futuro", como a neutralização das emissões de carbono até 2030.

Iniciativas em alta

Recentemente, a C&A adquiriu um caminhão elétrico para o abastecimento de produtos em suas lojas. Neste primeiro momento, o caminhão elétrico terá como ponto de partida sempre o centro de distribuição da empresa, localizado em Barueri, e atenderá demandas da região metropolitana de São Paulo.

A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) iniciou a produção em série do e-Delivery, uma linha de caminhões elétricos de pequeno porte com foco em atender grandes redes varejistas e exportações. As primeiras cem unidades finalizadas serão entregues para distribuidores de bebidas da Ambev.

A B2W Digital, dona de varejistas como Americanas, Submarino e Shoptime, também já está realizando operações de transporte por meio de caminhões movidos a biometano e gás natural veicular (GNV).