Mercado abrirá em 4 h 3 min
  • BOVESPA

    100.763,60
    +2.091,34 (+2,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    110,96
    +1,39 (+1,27%)
     
  • OURO

    1.829,10
    +4,30 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    21.037,11
    -381,40 (-1,78%)
     
  • CMC Crypto 200

    459,76
    -2,04 (-0,44%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.322,68
    +64,36 (+0,89%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.092,50
    +52,00 (+0,43%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5345
    -0,0096 (-0,17%)
     

Botão editar do Twitter começa a ser liberado, mas há um porém

O Twitter começou testes com o botão de editar publicações já postadas. Aparentemente, a rede social selecionou um pequeno grupo de usuários e deu-lhes a possibilidade de editar certos tuítes.

A descoberta foi feita pelo desenvolvedor e leaker Mukul Sharma e compartilhada em seu perfil na rede social. Em um print de tela, é possível notar uma tela na qual o Twitter informa tratar-se de um conteúdo ofensivo antes de concluir o envio do post.

Neste momento, a pessoa pode editar o post antes da moderação identificá-la e excluí-la, o que poderia gerar punição para o autor. Esta não é exatamente a opção de corrigir tuítes que o usuário espera, que possibilitaria o ajuste em qualquer tuíte, mas dá uma boa prévia de como as coisas podem funcionar.

Botão de não curtida

Sharma também reportou a visualização de um novo botão "não curti" nas publicações. O dedo polegar para baixo fica posicionado no canto superior direito da publicação, ao lado do sinal de curtir e do botão de reticências, e ganharia a cor quando pressionado.

Não está claro se o modelo substituiria o estilo padrão de hoje, baseado em coração e seta para baixo, localizado na parte inferior das publicações. O recurso serve especialmente para indicar ao algoritmo da plataforma conteúdos negativos ou ruins para a rede, sem gerar insights ou dados para o usuário.

Tanto o botão de editar quanto o botão dislike ainda estão em fase de testes e não há confirmação oficial pelo Twitter. Em razão disso, não existe uma data de quando os recursos serão liberados para o usuário comum.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos