Mercado abrirá em 7 h 12 min
  • BOVESPA

    120.636,39
    -605,24 (-0,50%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.495,41
    -962,61 (-2,07%)
     
  • PETROLEO CRU

    53,35
    +0,37 (+0,70%)
     
  • OURO

    1.850,20
    +10,00 (+0,54%)
     
  • BTC-USD

    35.182,26
    -711,99 (-1,98%)
     
  • CMC Crypto 200

    697,58
    -17,61 (-2,46%)
     
  • S&P500

    3.798,91
    +30,66 (+0,81%)
     
  • DOW JONES

    30.930,52
    +116,26 (+0,38%)
     
  • FTSE

    6.712,95
    -7,70 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    29.718,86
    +76,58 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    28.442,25
    -191,21 (-0,67%)
     
  • NASDAQ

    13.030,00
    +44,50 (+0,34%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,5055
    +0,0069 (+0,11%)
     

Bostic, do Fed, diz que recuperação dos EUA vai se basear no controle do vírus e na vacina

Bostic, em evento em Atlanta

WASHINGTON (Reuters) - A recuperação dos Estados Unidos não se dará a todo vapor até que as vacinas sejam distribuídas de forma ampla e suficiente para acabar com a pandemia, afirmou o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) de Atlanta, Raphael Bostic, nesta segunda-feira.

"No fundo, é uma crise de saúde pública em primeiro lugar. Todas as consequências econômicas têm sido uma atribuição sobre como respondemos à crise de saúde pública", disse Bostic. "Até que isso seja resolvido, a economia vai se desenvolver de forma mais lenta."

(Por Howard Schneider)