Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.380,49
    -948,50 (-0,80%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    44.683,55
    -126,66 (-0,28%)
     
  • PETROLEO CRU

    51,98
    -1,15 (-2,16%)
     
  • OURO

    1.855,50
    -10,40 (-0,56%)
     
  • BTC-USD

    31.917,63
    +123,30 (+0,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    651,44
    +41,45 (+6,79%)
     
  • S&P500

    3.841,47
    -11,60 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    30.996,98
    -179,03 (-0,57%)
     
  • FTSE

    6.695,07
    -20,35 (-0,30%)
     
  • HANG SENG

    29.447,85
    -479,91 (-1,60%)
     
  • NIKKEI

    28.631,45
    -125,41 (-0,44%)
     
  • NASDAQ

    13.355,25
    -40,25 (-0,30%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6542
    +0,1458 (+2,24%)
     

Bostic, do Fed, diz que "recalibragem" de compra de títulos pode ocorrer em 2021

Howard Schneider
·1 minuto de leitura
O presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic.

Por Howard Schneider

WASHINGTON (Reuters) - O Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) pode começar a reduzir suas compras mensais de ativos neste ano se a distribuição de vacinas contra o coronavírus impulsionar a economia como esperado, afirmou o presidente do Fed de Atlanta, Raphael Bostic, nesta segunda-feira, o que representa uma perspectiva otimista para os próximos meses.

"Tenho a esperança de que em um tempo relativamente rápido possamos começar a recalibrar" os 120 bilhões de dólares em Treasuries e títulos lastreados em hipotecas que o banco central dos EUA está adquirindo a cada mês, afirmou Bostic em entrevista à Reuters.

Em um comunicado de política monetária no mês passado, o Fed afirmou que manteria essas compras "até que progressos substanciais sejam feitos" para restaurar o pleno emprego da economia e elevar a inflação para a meta da autoridade monetária, de 2%.

Bostic disse que as próximas semanas serão "um pouco difíceis" para a economia, com a Covid-19 ainda propagando-se e qualquer mudança na política monetária do Fed estando fortemente atrelada a uma implementação bem-sucedida de uma vacina que contenha a pandemia.

(Reportagem adicional de Howard Schneider)