Mercado fechado

"Borat 2": família de sobrevivente do Holocausto processa o filme

Rafael Monteiro
·1 minuto de leitura
Borat 2 (reprodução)
Borat 2 (reprodução)

“Borat 2” estreia no Amazon Prime Video em 23 de outubro. Dias antes do mundo conhecer a continuação do filme estrelado por Sacha Baron Cohen, a obra virou alvo de um processo judicial por uma das entrevistadas pelo falso repórter do Cazaquistão.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

De acordo com o jornal The Independent, a família de Judith Dim Evans, uma sobrevivente do Holocausto, quer que as imagens dela sejam retiradas do longa. A mulher foi entrevistada para o longa, mas não sabia que o documentário era fictício.

Leia também

A ação judicial aberta pela filha de Judith, Michelle Dim St Pierre, pede, além da retirada das imagens a sua mãe do filme, US$ 75 mil de indenização. Amazon Prime e ao estúdio Oak Spring Productions respondem ao processo.

O Holocausto, vale lembrar, não teve nada de engraçado: foi o maior genocídio do século passado, responsável por matar milhões de judeus a mando dos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Assista ao trailer do longa:

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube