Mercado fechado
  • BOVESPA

    108.941,68
    -160,31 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.599,38
    -908,97 (-1,73%)
     
  • PETROLEO CRU

    84,83
    -0,72 (-0,84%)
     
  • OURO

    1.836,10
    -6,50 (-0,35%)
     
  • BTC-USD

    36.350,23
    -3.766,13 (-9,39%)
     
  • CMC Crypto 200

    870,86
    +628,18 (+258,85%)
     
  • S&P500

    4.397,94
    -84,79 (-1,89%)
     
  • DOW JONES

    34.265,37
    -450,02 (-1,30%)
     
  • FTSE

    7.494,13
    -90,88 (-1,20%)
     
  • HANG SENG

    24.965,55
    +13,20 (+0,05%)
     
  • NIKKEI

    27.522,26
    -250,67 (-0,90%)
     
  • NASDAQ

    14.411,00
    -430,00 (-2,90%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1900
    +0,0599 (+0,98%)
     

‘Boom’ de pré-candidatos precipita corrida por espaço entre Lula e Bolsonaro

·1 min de leitura

BRASíLIA - Partidos que buscam uma alternativa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao presidente Jair Bolsonaro na disputa eleitoral de 2022 têm movimentado as suas principais peças para ocupar um espaço estreito no tabuleiro político. Nos últimos dias, o lançamento do ex-ministro da Justiça Sergio Moro pelo Podemos e a reta final das prévias do PSDB, que escolheu o governador de São Paulo, João Doria, ajudaram a precipitar ações de outros partidos. Na última semana, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), e a senadora Simone Tebet (MDB) foram anunciados como potenciais candidatos da terceira via, juntando-se a outros recentemente lançados.

Partidos e candidatos trabalham com a ideia de que, até meados do ano que vem, o desempenho nas pesquisas será decisivo para a manutenção de alguns nomes e a atração de apoios. Em alguns casos, as pré-candidaturas se mostrarão uma forma de o político e o partido garantirem espaço e se cacifarem para negociar a desistência em melhores condições.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos