Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    74,00
    +0,70 (+0,95%)
     
  • OURO

    1.748,80
    -1,00 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    42.855,70
    -1.760,02 (-3,94%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,75
    +16,25 (+0,11%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2546
    +0,0296 (+0,48%)
     

Bombardier se prepara para lançar versão atualizada do jato Challenger 350, dizem fontes

·1 minuto de leitura

Por Allison Lampert

MONTREAL (Reuters) - A Bombardier está lançando uma versão atualizada do seu jato executivo Challenger 350 com o interior redesenhado, conforme mais viajantes ricos procuram voos particulares durante a pandemia de Covid-19, disseram fontes familiarizadas com o assunto.

A canadense Bombardier deve anunciar sua primeira atualização da família Challenger 300 desde o lançamento do 350, em 2014, em um evento virtual na terça-feira.

O Challenger 350, que acomoda até 10 passageiros e custa 26,7 milhões de dólares, continua sendo um dos mais vendidos da Bombardier, com o operador de frota Flexjet encomendando 40 deles.

Não ficou claro quando o modelo atualizado do Challenger estará disponível ou quanto custará.

A Bombardier não quis comentar antes do evento virtual de terça-feira.

O Challenger é líder de mercado na categoria de jatos executivos de médio porte, que conecta pequenos aviões corporativos e aeronaves de cabine grande para 13 a 19 passageiros, mas enfrenta a concorrência de rivais dos EUA e Brasil.

A empresa concorre com a Embraer e a Textron Inc, entre outras, em um mercado de jatos corporativos que gerou mais de 17,2 bilhões de dólares em entregas entre os principais pares em 2020.

Entre eles, está a aeronave Cessna Citation Longitude da Textron, que entrou em serviço em 2019, e os jatos Praetor da Embraer, que são variações de longo alcance da linha Legacy de médio porte da fabricante de aviões brasileira.

(Por Allison Lampert em Montreal)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos