Mercado fechado
  • BOVESPA

    106.471,92
    +579,70 (+0,55%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.723,43
    -192,74 (-0,41%)
     
  • PETROLEO CRU

    88,53
    -0,01 (-0,01%)
     
  • OURO

    1.772,60
    -15,90 (-0,89%)
     
  • BTC-USD

    23.066,59
    -123,71 (-0,53%)
     
  • CMC Crypto 200

    533,20
    -2,02 (-0,38%)
     
  • S&P500

    4.145,19
    -6,75 (-0,16%)
     
  • DOW JONES

    32.803,47
    +76,65 (+0,23%)
     
  • FTSE

    7.439,74
    -8,32 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    20.201,94
    +27,90 (+0,14%)
     
  • NIKKEI

    28.175,87
    +243,67 (+0,87%)
     
  • NASDAQ

    13.216,50
    -110,50 (-0,83%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2666
    -0,0739 (-1,38%)
     

Bomba flexível dá a robôs um "coração" parecido com o de animais

Robôs podem ter corações? A ficção muitas vezes indicou que não, mas a realidade caminha cada vez mais para mostrar que sim. Pesquisadores da Universidade Cornell, em parceria com o Laboratório de Pesquisas do Exército dos Estados Unidos desenvolveram um sistema propício para um sistema circulatório robótico que emula o dos animais.

Os cientistas tinham em mãos um problema: até agora, quaisquer tentativas de criar um sistema de circulação em um robô esbarravam em dificuldades técnicas. Seus “corações” eram grandes e rígidos, que forçava sua instalação fora do corpo do robô. Na prática, isso causa desperdício de energia e perda de eficiência.

A iniciativa levou ao desenvolvimento de uma bomba deformável e flexível que se vale de forças magnéticas e hidrodinâmica. Ela poderia se tornar uma base para um avanço na tecnologia dos robôs macios, que tentam se aproximar do funcionamento de organismos vivos.

A bomba elastomérica traz alguns mecanismos que a permitem operar dentro do esperado. Primeiramente, ela é feita de um tubo de silicone com solenoides em seu exterior. Essas bobinas trazem pequenos vãos que permitem a movimentação do tubo, para que ele se dobre ou estique.

(Image: Divulgação/Universidade Cornell)
(Image: Divulgação/Universidade Cornell)

Na parte interior, há um núcleo magnético cercado de um fluido magnetoreológico, que fica mais rígido conforme sua exposição a um campo magnético. Conforme a necessidade, esse campo pode ser modificado pela movimentação do núcleo, como se fosse um pistão, para alterar o estado do fluido e fazê-lo se mover de forma contínua.

Os estudos foram muito bem-sucedidos. Durante os testes, foi possível demonstrar que o sistema de bombeamento pode se manter operacional mesmo em situações bastante adversas. O desempenho se mostrou satisfatório mesmo quando a bomba passou por grandes deformações.

A invenção tem a capacidade de transformar os robôs macios, já que eles dependem de um sistema circulatório para desempenhar suas funções de forma satisfatória. Ao contrário de sangue que transporta oxigênio e dióxido de carbono, no entanto, o mecanismo tem como objetivo armazenar e fornecer energia para as diferentes partes da máquina, para que ela complete suas tarefas.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos