Mercado abrirá em 7 h 10 min
  • BOVESPA

    96.582,16
    +1.213,40 (+1,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.801,37
    -592,34 (-1,58%)
     
  • PETROLEO CRU

    36,28
    +0,11 (+0,30%)
     
  • OURO

    1.875,50
    +7,50 (+0,40%)
     
  • BTC-USD

    13.436,81
    -50,42 (-0,37%)
     
  • CMC Crypto 200

    263,37
    +20,69 (+8,53%)
     
  • S&P500

    3.310,11
    +39,08 (+1,19%)
     
  • DOW JONES

    26.659,11
    +139,16 (+0,52%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.580,22
    -6,38 (-0,03%)
     
  • NIKKEI

    23.185,86
    -146,08 (-0,63%)
     
  • NASDAQ

    11.197,50
    -145,25 (-1,28%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7511
    +0,0055 (+0,08%)
     

Bolsonaro xinga oposição que planeja ato contra o presidente: ‘Concentração de quadrupedes’

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Brazilian President Jair Bolsonaro points to the press as he refers to his recovery from COVID-19 and his past as an athlete, during a ceremony coined "Brazil winning COVID-19" at Planalto presidential palace in Brasilia, Brazil, Monday, Aug. 24, 2020. (AP Photo/Eraldo Peres)
Presidente Jair Bolsonaro foi operado na manhã desta sexta-feira, 25 (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chamou um ato contra o governo de “concentração de quadrúpedes”. O comentário foi feito em uma rede social após um usuário divulgar o ato, que será na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro.

“Será a maior concentração de quadrúpedes da Cinelândia”, escreveu Bolsonaro nas redes sociais. O ato é contra a volta das aulas presenciais no país.

Também nesta manhã, Bolsonaro fez uma postagem nas redes sociais para falar sobre a força-tarefa do governo federal para aplacar as queimadas no Pantanal.

Leia também

O presidente passou por uma cirurgia na manhã desta sexta-feira, 25, para retirar um cálculo da bexiga. Segundo o Hospital Albert Einstein, o procedimento durou 1 hora e 30 minutos e o presidente passa bem. Ainda não há previsão para alta.