Mercado abrirá em 36 mins

Bolsonaro diz estar "de saco cheio" de Wassef, diz colunista

Brazilian President Jair Bolsonaro gestures as he wears a facemask during an official ceremony at the presidential office in Brasilia, on June 17, 2020. (Photo by Sergio LIMA / AFP) (Photo by SERGIO LIMA/AFP via Getty Images)

A interlocutores, o presidente Jair Bolsonaro disse estar “de saco cheio’ do advogado Frederick Wassef, que abrigou em seu sítio, em Atibaia, Fabrício Queiroz, ex-assessor do hoje senador Flávio Bolsonaro. As informações são da colunista da Folha de S.Paulo, Monica Bergamo.

O presidente reclamou a assessores próximos que as entrevistas de Wassef vinham causando mais problemas do que ajudando no caso Queiroz, suspeito de participar do esquema de “rachadinhas” quando era funcionário de gabinete de Flávio na época em que este era deputado estadual no Rio de Janeiro.

Leia também

Wassef anunciou que deixou a defesa do filho do presidente porque “está sendo usado para que as pessoas ataquem o presidente e o próprio Flávio”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

O advogado até agora não explicou como organizou a hospedagem de Queiroz, mas disse a responsabilidade por isso.

Wassef falou que Jair Bolsonaro e o filho nunca foram avisados sobre Queiroz em Atibaia.

Wassef era visto como íntimo da família Bolsonaro, já que frequentava o Alvorada e ia bastante à posse de ministros.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.