Mercado fechará em 13 mins
  • BOVESPA

    100.663,70
    -596,05 (-0,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    38.217,02
    -490,70 (-1,27%)
     
  • PETROLEO CRU

    38,56
    -1,29 (-3,24%)
     
  • OURO

    1.904,90
    -0,30 (-0,02%)
     
  • BTC-USD

    12.973,88
    -176,15 (-1,34%)
     
  • CMC Crypto 200

    258,56
    -4,86 (-1,84%)
     
  • S&P500

    3.385,33
    -80,06 (-2,31%)
     
  • DOW JONES

    27.539,49
    -796,08 (-2,81%)
     
  • FTSE

    5.792,01
    -68,27 (-1,16%)
     
  • HANG SENG

    24.918,78
    +132,68 (+0,54%)
     
  • NIKKEI

    23.494,34
    -22,25 (-0,09%)
     
  • NASDAQ

    11.438,00
    -225,50 (-1,93%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6430
    -0,0209 (-0,31%)
     

Bolsonaro se compromete a ajudar Robson, ex-motorista de jogador, que está preso na Rússia

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Brazilian President Jair Bolsonaro (C), alongside Brazil's Minister of Foreign Affairs Ernesto Araujo (R), look on during the Brazilian national anthem in front of Miami's Brazilian community at Miami Dade College's Medical Campus in Miami, Florida, on March 9, 2020. (Photo by Zak BENNETT / AFP) (Photo by ZAK BENNETT/AFP via Getty Images)
Orientado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, Bolsonaro pode tentar falar diretamente com Vladimir Putin (Foto: Zak Bennett/AFP via Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) garantiu que ajudará Robson Oliveira, brasileiro que está preso na Rússia. Ex-motorista do jogador Fernando, que atualmente está no Beijing Guoan, da China.

“O caso do motorista Robson Oliveira (trazido a mim via Felipe Melo/Palmeiras), ora preso na Rússia, é complexo, mas não impossível de ser solucionado”, escreveu Bolsonaro nas redes sociais.

Fernando atuava pelo Spartak de Moscou, na Rússia, e Robson trabalhava como motorista do jogador. Em março de 2019, ele foi preso por posse do remédio Mytedom 10 mg, considerado uma droga no país. Robson alega que levava o remédio a pedido de Fernando e sem saber que a substância estava na bagagem. O caso foi divulgado pelo Esporte Espetacular, da TV Globo.

“O medicamento era para o sogro de Fernando”, continuou Bolsonaro. “Nossa embaixada nos informou que Robson poderá ser condenado a 20 anos. A juíza do caso acaba de se aposentar e, dessa forma, o processo voltou à estaca zero.”

Leia também

O presidente ainda afirmou que, orientado pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, poderá fazer contato diretamente com Vladimir Putin, presidente russo. “Entramos no caso e o Brasil buscará, diplomaticamente, o retorno de Robson ao Brasil.”