Mercado abrirá em 1 h 4 min
  • BOVESPA

    114.064,36
    +1.782,08 (+1,59%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.464,27
    +125,93 (+0,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,19
    -0,11 (-0,15%)
     
  • OURO

    1.753,10
    +3,30 (+0,19%)
     
  • BTC-USD

    41.630,76
    -1.851,59 (-4,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.035,06
    -73,87 (-6,66%)
     
  • S&P500

    4.448,98
    +53,34 (+1,21%)
     
  • DOW JONES

    34.764,82
    +506,50 (+1,48%)
     
  • FTSE

    7.064,08
    -14,27 (-0,20%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.212,25
    -91,25 (-0,60%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2131
    -0,0119 (-0,19%)
     

Bolsonaro sanciona projeto que insere linguagem de Libras no sistema educacional

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O presidente Jair Bolsonaro sancionou projeto que inclui a Educação Bilíngue de Surdos na Lei Brasileira de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) como uma modalidade de ensino. As escolas poderão oferecer a linguagem de Libras nas escolas como primeira opção para alunos surdos, surdo-cegos e deficientes.

O autor do projeto é o senador Flávio Arns (Podemos-PR), um parlamentar que tem um histórico em partidos que fazem oposição a Bolsonaro. Arns já foi filiado ao PSDB, PT e Rede. Com atuação independente, o senador foi convidado, mas não compareceu à solenidade fechada da sanção do projeto, no Planalto. Ele está no Paraná.

A primeira-dama, Michelle Bolsonaro, é atuante nessa causa e esteve à frente da tramitação desse projeto.

— É preciso entender e respeitar que as pessoas surdas fazem uso de uma linguagem diferenciada e que agora será uma língua de interação no ensino. Os surdos receberão esse direito. O direito a uma educação adequada, com a oferta da Libras no ensino — disse Michelle Bolsonaro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos