Mercado fechado
  • BOVESPA

    115.202,23
    +2.512,23 (+2,23%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    46.342,54
    +338,34 (+0,74%)
     
  • PETROLEO CRU

    66,28
    +2,45 (+3,84%)
     
  • OURO

    1.698,20
    -2,50 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    50.855,11
    +2.978,79 (+6,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    982,93
    +39,75 (+4,21%)
     
  • S&P500

    3.841,94
    +73,47 (+1,95%)
     
  • DOW JONES

    31.496,30
    +572,16 (+1,85%)
     
  • FTSE

    6.630,52
    -20,36 (-0,31%)
     
  • HANG SENG

    29.098,29
    -138,50 (-0,47%)
     
  • NIKKEI

    28.864,32
    -65,78 (-0,23%)
     
  • NASDAQ

    12.652,50
    +197,50 (+1,59%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7780
    -0,0079 (-0,12%)
     

Bolsonaro recebe convite do PL para se filiar ao partido

Julia Lindner
·1 minuto de leitura
Pablo Jacob/Agência O Globo/17-12-2020

BRASÍLIA — Integrantes do PL, partido de Valdemar Costa Neto, preso e condenado no processo do mensalão, estão empenhados em convencer o presidente Jair Bolsonaro a se filiar na legenda. Nesta terça-feira, deputados e senadores da sigla vão enviar um convite oficial para o presidente. A informação foi confirmada pela assessoria do senador Jorginho Mello (PL-SC), aliado de Bolsonaro.

"Os três senadores e os 40 deputados federais estão enviando um convite oficial hoje convidando o PR para ingressar ao PL", afirma nota da assessoria de Jorginho.

Amanhã, o senador catarinense vai ao Palácio do Planalto para uma reunião com Bolsonaro. No final do mês, ele também acompanhará o presidente em nova viagem a Santa Catarina, desta vez para Florianópolis. Como mostrou o GLOBO, na última ida do presidente a São Francisco do Sul (SC), no final de 2020, ele iniciou articulações para apoiar a candidatura de Jorginho ao governo estadual.

Próximo ao presidente Bolsonaro, o secretário da Pesca, Jorge Seif Jr., tem planos de disputar uma vaga no Senado na próxima eleição. Seif Jr. deve se filiar ao PL no dia 5 de fevereiro, de acordo com membros da legenda.

Pensando em 2022, Bolsonaro tem sido cortejado por vários partidos. Na semana passada, foi a vez do PTB enviar um convite para o presidente.