Mercado abrirá em 1 h 30 min

Bolsonaro nomeia Mário Frias secretário da Cultura

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Mário Frias (Divulgação)
Mário Frias (Divulgação)

Em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) nesta sexta (19), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) confirmou a nomeação do ator Mário Frias para a chefiar a Secretaria Especial de Cultura, cargo antes ocupado por Regina Duarte.

O presidente chegou a sondar outros nomes para a Secretaria de Cultura, mas acabou confirmando o ator. Os dois se reuniram para confirmar a nomeação nesta quinta (18), no Palácio do Planalto.

Leia também

Mário Frias intensificou a defesa ao governo nas redes sociais nos últimos dias. O ator ficou conhecido por participar da novela adolescente Malhação, da Rede Globo, no final dos anos 1990.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Em uma rede social, ele resumiu sua carreira: “A história de um jovem brasileiro que nos encanta na telinha desde 1996”.

“OBSCURANTISMO”

A nomeação de Mário Frias como secretário Especial de Cultura é vista com desconfiança por parlamentares e líderes partidários.

Na avaliação do senador Fabiano Cantarato (Rede-ES), a secretaria ainda deve atravessar um longo inverno de obscurantismo.

“Se a gestão ruidosa de Regina terminou, o mesmo não se pode dizer sobre o obscurantismo na Cultura, que ainda atravessará um longo inverno”.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.