Mercado fechará em 2 h 44 min

Bolsonaro nomeia aliado de Kassab para instituto de tecnologia da informação

RICARDO DELLA COLETTA

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em mais um gesto a partidos de centro no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro nomeou um aliado do ex-prefeito de São Paulo Gilberto Kassab para o cargo de diretor-presidente do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação).

A designação de Carlos Roberto Fortner foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União nesta quarta-feira (3), em portaria assinada pelo ministro Walter Braga Netto (Casa Civil).

A mesma portaria traz a exoneração de Marcelo Amaro Buz do cargo.

Fortner é próximo de Kassab. Ele presidiu os Correios no governo Michel Temer, quando a empresa estava sob a esfera de influência do PSD.

Ele também foi secretário do Verde e Meio Ambiente de São Paulo durante a gestão Kassab.

Não é o primeiro espaço que Bolsonaro abre para o partido do ex-prefeito de São Paulo, em meio às negociações com legendas para a formação de uma base de apoio no Congresso.

O PSD nega fazer parte oficialmente do grupo de partidos chamado de centrão, que reúne, por exemplo, PP, PL, Republicanos.

No final de maio, o governo Bolsonaro nomeou o comandante-geral da Polícia Militar de Minas Gerais, coronel Giovanne Gomes da Silva, para ocupar a presidência da Funasa, fundação vinculada ao Ministério da Saúde e que responde por ações de saneamento básico para prevenção e controle de doenças em cidades de pequeno porte e áreas rurais.

Apesar de ser um coronel da PM, Gomes da Silva foi indicado pelo líder do PSD na Câmara, Diego Andrade (MG). Segundo parlamentares aliados de Andrade, o policial e o deputado são amigos de longa data.

De acordo com pessoas próximas, o líder quis indicar um nome de sua confiança, mas com o perfil do governo Bolsonaro.