Mercado fechará em 1 h 34 min
  • BOVESPA

    95.548,77
    +180,02 (+0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    36.926,67
    -467,04 (-1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    35,92
    -1,47 (-3,93%)
     
  • OURO

    1.867,60
    -11,60 (-0,62%)
     
  • BTC-USD

    13.525,28
    +369,91 (+2,81%)
     
  • CMC Crypto 200

    265,74
    +23,06 (+9,50%)
     
  • S&P500

    3.302,86
    +31,83 (+0,97%)
     
  • DOW JONES

    26.604,64
    +84,69 (+0,32%)
     
  • FTSE

    5.581,75
    -1,05 (-0,02%)
     
  • HANG SENG

    24.586,60
    -122,20 (-0,49%)
     
  • NIKKEI

    23.331,94
    -86,57 (-0,37%)
     
  • NASDAQ

    11.315,00
    +182,25 (+1,64%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7351
    +0,0007 (+0,01%)
     

Bolsonaro nega foco em reeleição e quer retomada da economia: ‘Estou pensando em 2021’

Anita Efraim
·2 minutos de leitura
BRASILIA, BRAZIL - SEPTEMBER 28: Jair Bolsonaro, President of Brazil looks on during the launch ceremony of the "Mineracao e Desenvolvimento" Program on September 28, 2020 in Brasilia, Brazil. The program presents more than a hundred goals and actions for up to 2023 and aims at the quantitative and qualitative expansion of the Brazilian mineral sector and the image of mining with society. (Photo by Andre Borges/Getty Images)
Presidente Jair Bolsonaro disse estar preocupado com brasileiros que perderam o emprego por causa da pandemia do novo coronavírus (Foto: Andre Borges/Getty Images)

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) negou que esteja preocupado em se reeleger em 2022. Segundo o presidente, o mais importante agora é pensar em 2021 e na reestruturação da economia brasileira.

“Minha crescente popularidade importuna adversários e grande parte da imprensa, que rotulam qualquer ação minha como eleitoreira. Se nada faço, sou omisso. Se faço, estou pensando em 2022”, escreveu. A mais recente pesquisa Ibope mostra que 40% dos brasileiros consideram o governo ótimo ou bom.

Bolsonaro ainda afirmou que nunca se preocupou com a reeleição e sempre exerceu o trabalho “na convicção de que o voto era consequência dele”. O presidente passou 27 anos como deputado federal e, ainda em campanha, prometeu que acabaria com a reeleição para o cargo de presidente da República. Ainda não foi apresentado nenhum projeto quanto ao assunto.

“Estou pensando é em 2021, pois temos milhões de brasileiros que perderam seus empregos ou renda e deixarão de receber o auxílio emergencial a partir de janeiro/2021”, justificou. “Os responsáveis pela destruição de milhões de empregos agora se calam. O meu governo busca se antecipar aos graves problemas sociais que podem surgir em 2021, caso nada se faça para atender a essa massa que tudo, ou quase tudo, perdeu.”

Leia também:

O presidente ainda culpou a imprensa por incentivar os brasileiros a ficarem em casa durante a pandemia do coronavírus. A orientação foi dada pela Organização Mundial da Saúde como forma de impedir que a Covid-19 se disseminasse com ainda mais velocidade. O Brasil tem 142 mil mortos pelo novo coronavírus e 4,7 milhões de infectados.

As declarações do presidente foram feitas um dia depois de o governo anunciar o novo programa social, Renda Cidadã, que substituirá o Bolsa Família. Ainda não se sabe qual será o valor do benefício, mas as verbas para financia-lo sairão do Fundeb e de precatórios.

“A responsabilidade fiscal e o respeito ao teto são os trilhos da Economia. Estamos abertos a sugestões juntamente com os líderes partidários. O Auxílio Emergencial, infelizmente para os demagogos e comunistas, não pode ser para sempre”, finalizou Bolsonaro.