Mercado fechado

Bolsonaro leva youtuber mirim para fazer perguntas a ministros em reunião

·2 minutos de leitura
.
.

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro levou uma youtuber mirim, Esther, 10 anos, para a reunião ministerial desta terça-feira e colocou a menina para fazer perguntas aos ministros.

Por pouco mais de 12 minutos, Esther inquiriu os ministros da Economia, Paulo Guedes, da Agricultura, Tereza Cristina, interino da Saúde, Eduardo Pazuello, e outros. Algumas vezes, com perguntas sopradas pelo próprio presidente.

Esther, que é de Barretos (SP), já entrevistou Bolsonaro por pelo menos três vezes desde que ele assumiu a Presidência, sendo recebida no Palácio da Alvorada e no Palácio do Planalto.

Ao iniciar o vídeo postado em suas redes sociais, o presidente diz que Esther é uma das responsáveis por sua eleição porque teria acreditado nele antes da eleição. Esther é conhecida na região de Barretos.

Durante a reunião ministerial, a menina quis saber primeiro do ministro das Minas e Energia, Bento Albuquerque, e depois do ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o preço do gás.

"Com a ajuda do ministro Bento, nós estamos aprovando a lei do gás natural e ai vamos dar um choque de energia barata. Esperamos que o gás caia de 20% a 30% pelo menos", respondeu Guedes.

A Tereza Cristina, Esther perguntou sobre o preço do arroz. A ministra reconheceu que está alto, mas disse que vai baixar.

"O arroz não vai faltar. Agora ele está alto, mas nós vamos fazer ele abaixar. Se Deus quiser nós vamos ter uma super safra no ano que vem", disse a ministra.

O ministério apresentou ao Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Camex) a proposta de zerar provisoriamente as tarifas de importação de arroz, soja e milho produzidos fora do Mercosul como forma de controlar a alta de preços. A decisão deve ser tomada em reunião na sexta-feira. [nL1N2FT20W]

Esther ainda perguntou a Pazuello sobre a vacina para a Covid-19, ao que o ministro respondeu, em um prazo otimista, que o país poderá ter o medicamento em janeiro do próximo ano.

Esther esteve cedo com Bolsonaro no Alvorada e o presidente a apresentou para apoiadores que o esperavam na saída do Planalto. Segundo ele mesmo declarou, a menina fará outra entrevista com ele esta tarde.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)