Mercado abrirá em 43 mins
  • BOVESPA

    112.291,59
    +413,06 (+0,37%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.934,21
    +259,38 (+0,59%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,30
    +0,66 (+1,45%)
     
  • OURO

    1.842,90
    +1,80 (+0,10%)
     
  • BTC-USD

    19.051,31
    -206,27 (-1,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    374,32
    -0,09 (-0,02%)
     
  • S&P500

    3.666,72
    -2,29 (-0,06%)
     
  • DOW JONES

    29.969,52
    +85,73 (+0,29%)
     
  • FTSE

    6.547,52
    +57,25 (+0,88%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,75
    +47,50 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2513
    +0,0153 (+0,25%)
     

Bolsonaro se irrita com homem que pediu arroz menos caro: "Vai comprar na Venezuela"

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se irritou com um homem que implorou pela redução do preço do arroz, enquanto provocava aglomeração em uma feira permanente do Cruzeiro (DF), neste domingo (25).

"Bolsonaro, baixa o preço do arroz, por favor. Não aguento mais", disse o homem ao presidente, que posava com apoiadores para uma selfie, sem máscara de proteção contra o coronavírus.

Leia também

"Tu quer que eu baixe na canetada? Você quer que eu tabele? Se você quer que eu tabele, eu tabelo. Mas você vai comprar lá na Venezuela", respondeu Bolsonaro. O homem foi embora após a intervenção do presidente.

O vídeo com a irritação de Bolsonaro foi publicado pelo jornal Folha de S.Paulo. Em outubro, o arroz subiu 18,48%, puxando a alta da prévia da inflação mensal (IPCA-15) para 0,94%.

Em setembro, o governo decidiu zerar a alíquota de importação para o arroz em casca e beneficiado até 31 de dezembro deste ano, com o objetivo de conter o aumento dos preços.