Mercado fechado
  • BOVESPA

    98.541,95
    -1.079,62 (-1,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.524,45
    -537,16 (-1,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,87
    +0,11 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.806,80
    -0,50 (-0,03%)
     
  • BTC-USD

    18.906,68
    -1.304,34 (-6,45%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,82
    -26,65 (-6,18%)
     
  • S&P500

    3.785,38
    -33,45 (-0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.775,43
    -253,88 (-0,82%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.502,00
    -27,50 (-0,24%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5056
    +0,0950 (+1,76%)
     

Bolsonaro falará sobre Pix e Auxílio Brasil nas próximas inserções de TV

*Arquivo* BRASÍLIA, DF, 06.06.2022 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)
*Arquivo* BRASÍLIA, DF, 06.06.2022 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro (PL) falará sobre Auxílio Brasil e o Pix nas próximas inserções partidárias que vão ao ar este mês.

O primeiro filme foi veiculado na última quinta-feira (2) e traz o presidente conversando com jovens na Capela São Pedro Nolasco, em uma pequena comunidade próxima a área nobre de Brasília.

Os próximos vão aproveitar trechos dessa mesma conversa sobre outros assuntos, atacando duas fragilidades identificadas pela coordenação da campanha à reeleição.

A primeira delas é a dificuldade em crescer nas pesquisas entre os beneficiários do Auxílio Brasil. Há o diagnóstico de que parte desse eleitorado ainda associa o programa ao Bolsa Família, criado na gestão petista.

A segunda é o eleitor jovem que, na avaliação de um dos coordenadores da campanha, não vivenciou os escândalos de corrupção nos governos dos ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff e por isso não rejeita o adversário.

Ao falar do Pix, o objetivo é mostrar um governo moderno e tecnológico. Há ainda, já gravados, trechos sobre a pauta de costumes.

Na peça que já foi ao ar, Bolsonaro aposta no discurso conservador e diz aos jovens que os pais às vezes parecem "chatos" porque dizem a verdade, mas que é necessário confiar no que falam.

"Os teus pais são aqueles que dão a vida de verdade por vocês, por que não ouvi-los?", afirma. E completa: "Você vai se orgulhar lá na frente dessas pessoas que te botaram na linha lá atrás".

A gravação acaba com uma frase do chefe do Executivo em tom de campanha. "Sem pandemia, sem corrupção e com Deus no coração seremos uma grande nação", diz.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos