Mercado fechará em 2 h 43 min
  • BOVESPA

    114.375,57
    -1.292,21 (-1,12%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.290,59
    +139,21 (+0,31%)
     
  • PETROLEO CRU

    63,44
    +0,22 (+0,35%)
     
  • OURO

    1.776,50
    -21,40 (-1,19%)
     
  • BTC-USD

    50.111,49
    +366,37 (+0,74%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.003,21
    +8,54 (+0,86%)
     
  • S&P500

    3.871,72
    -53,71 (-1,37%)
     
  • DOW JONES

    31.670,23
    -291,63 (-0,91%)
     
  • FTSE

    6.651,96
    -7,01 (-0,11%)
     
  • HANG SENG

    30.074,17
    +355,93 (+1,20%)
     
  • NIKKEI

    30.168,27
    +496,57 (+1,67%)
     
  • NASDAQ

    12.985,75
    -316,25 (-2,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7127
    +0,1422 (+2,16%)
     

Bolsonaro diz que sanciona na quarta-feira lei de independência do BC

·1 minuto de leitura
Presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Jair Bolsonaro disse nesta segunda-feira que sancionará na quarta a lei aprovada pelo Congresso Nacional que concede independência ao Banco Central.

"Na próxima quarta-feira daremos posse aos ministros João Roma e Onyx Lorenzoni, bem como sancionaremos a Lei da Independência do Banco Central", escreveu Bolsonaro em sua conta no Facebook ao lado de uma foto em que aparece ao lado do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do presidente do BC, Roberto Campos Neto.

O presidente se referiu ainda às posses do deputado federal João Roma (Republicanos-BA) no Ministério da Cidadania e de Onyx Lorenzoni, que deixará a pasta da Cidadania para assumir o comando da Secretaria-Geral da Presidência.

(Reportagem de Lisandra Paraguassu; Texto de Eduardo Simões; Edição de Pedro Fonseca)