Mercado fechará em 48 mins
  • BOVESPA

    107.690,30
    +831,43 (+0,78%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.668,50
    +62,94 (+0,12%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,77
    +3,28 (+4,72%)
     
  • OURO

    1.783,80
    +4,30 (+0,24%)
     
  • BTC-USD

    51.010,07
    +2.084,20 (+4,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.316,05
    -5,23 (-0,40%)
     
  • S&P500

    4.684,43
    +92,76 (+2,02%)
     
  • DOW JONES

    35.694,57
    +467,54 (+1,33%)
     
  • FTSE

    7.339,90
    +107,62 (+1,49%)
     
  • HANG SENG

    23.983,66
    +634,28 (+2,72%)
     
  • NIKKEI

    28.455,60
    +528,23 (+1,89%)
     
  • NASDAQ

    16.326,50
    +483,75 (+3,05%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3391
    -0,0845 (-1,32%)
     

Bolsonaro diz que Petrobras não pode ser uma empresa que dê lucros altos

·1 min de leitura

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira, durante transmissão em suas redes sociais, que a Petrobras não pode dar lucros altos como tem dado. Segundo o presidente, por ser uma empresa estatal, com monopólio da extração de petróleo no país, a Petrobras deve ter um viés social.

— Se é uma empresa que exerce monopólio, tem que ter seu viés social, no bom sentido. Ninguém quer dinheiro da Petrobras para nada. Queremos que a Petrobras não seja deficitária, obviamente, invista também em gás, e não apenas em outras a´reas. A gente quer uma Petrobras voltada para isso, mas carecemos de mudanças de legislação que passem pelo Parlamento. Mas tem que ser uma empresa que dê um lucro não muito alto, como tem dado — afirmou.

Nesta quinta-feira, está prevista a divulgação dos lucros da Petrobras para o mercado. Segundo o presidente, os lucros favorecem apenas aos acionistas, mas não a sociedade. Bolsonaro lembrou ainda que a empresa ainda paga grandes dívidas por causa de esquemas de corrupção descobertos pela Operação Lava-Jato.

Nos últimos dias, Bolsonaro tem reclamado das críticass que recebe pelos preços de combustível e levantou a hipótese da privatização da empresa para que ele não seja mais culpado pela inflação da gasolina e do diesel.

Nesta quinta-feira, entretanto, Bolsonaro disse que o governo busca alternativas de mudar a precificação dos combustíveis

— Não é eu que aumento, a Petrobras é obrigada a aumentar o preço porque ela tem que seguir a legislação. E estamos tentando buscar maneiras de mudar a lei nesse sentido. Não é justo, você vive um país que paga tudo em real, éautossuficiente praticamente em pretróleo e tem o preço do combustível atrelado ao dólar — afirmou

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos