Mercado fechará em 5 h 56 min
  • BOVESPA

    98.379,05
    -162,91 (-0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.668,30
    +143,85 (+0,30%)
     
  • PETROLEO CRU

    107,78
    +2,02 (+1,91%)
     
  • OURO

    1.793,80
    -13,50 (-0,75%)
     
  • BTC-USD

    19.482,18
    +602,38 (+3,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    419,10
    -1,04 (-0,25%)
     
  • S&P500

    3.790,80
    +5,42 (+0,14%)
     
  • DOW JONES

    30.807,22
    +31,79 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.208,08
    +38,80 (+0,54%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    25.935,62
    -457,42 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    11.583,75
    +54,25 (+0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5347
    +0,0291 (+0,53%)
     

Bolsonaro diz que críticos difundiriam mentiras' sobre a Amazônia

Brazil's president Jair Bolsonaro gestures as he arrives at a hotel to participate in a news conference about the Amazon rainforest and to meet with Elon Musk, according to ministers, in Porto Feliz, Sao Paulo state, Brazil May 20, 2022. REUTERS/Amanda Perobelli
Brazil's president Jair Bolsonaro gestures as he arrives at a hotel to participate in a news conference about the Amazon rainforest and to meet with Elon Musk, according to ministers, in Porto Feliz, Sao Paulo state, Brazil May 20, 2022. REUTERS/Amanda Perobelli
  • Bolsonaro afirmou que Musk pode ajudar a combater supostas informações inverídicas;

  • O presidente disse que críticos "difundiriam mentiras" a respeito da Amazônia;

  • O Observatório do Clima disse que 1.012 km² de área foi desmatada em abril.

Jair Bolsonaro disse nesta sexta-feira (19) que pretende contar com o bilionário sul-africano Elon Musk para que a "a Amazônia seja conhecida por todos". De acordo com o governante, o empresário pode ajudar a combater supostas informações inverídicas sobre a região no Brasil e no exterior.

A pauta do encontro foi voltada para discutir assuntos sobre conectividade e Amazônia. O presidente do Brasil disse que críticos "difundiriam mentiras" em todo o mundo a respeito do panorama socioambiental do local.

Bolsonaro é conhecido por negar o avanço do desmatamento na região. No entanto, dados do sistema Deter, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais),mostram que o problema tem se agravado ao longo doa anos.

"Nós pretendemos, precisamos e contamos com Elon Musk para que a Amazônia seja conhecida por todos no Brasil e no mundo, a exuberância dessa região e como ela é preservada", declarou.

No mês passado, a área desmatada atingiu o recorde de 1.012 km². O espaço é quase o dobro do maior número registrado até então, no ano passado (580 km²).

Informações do Observatório do Clima apontam que essa é a primeira vez a marca de 1.000 km² é ultrapassada em abril .

De suposto "mito" para "mito"

A palavra "mito" possui mais de um significado. Ela pode descrever alguém cuja existência não tem como ser comprovada, se refere algo que não é real, representa ícones históricos ou até mesmo explicar um conhecimento desprovido de verdade e sem fundamento.

Jair Bolsonaro teceu elogios ao empresário Elon Musk durante o evento realizado nesta sexta-feira (20). O presidente da república, que utiliza o Twitter como estratégia política, comentou sobre a a negociação entre o dono da SpaceX e a rede social. Ele também chamou o empresário de "mito".

"O exemplo que ele nos deu há poucos dias, quando se anunciou a compra do Twitter, para nós aqui foi como um sopro de esperança. O mundo todo passa por pessoas que tem vontade de roubar essa liberdade de nós", disse Bolsonaro.

Musk fez uma oferta para comprar o Twitter, mas a negociação tem sofrido atritos e desavenças nos últimos dias. Mesmo assim, o presidente do Brasil considera essa transação uma coisa positiva. "O mais importante da presença dele é algo que é imaterial. Hoje em dia poderíamos chamá-lo de mito da liberdade. É aquilo que nos fará falta para qualquer coisa que porventura possamos pensar para o futuro", afirmou.

Saiba tudo sobre a visita de Elon Musk ao Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) se reúne nesta sexta-feira (20) em São Paulo com o multimilionário Elon Musk, informou uma fonte do governo, que negocia com o empresário um projeto para levar a internet à Floresta Amazônica. Musk desembarcou 9h da manhã no São Paulo Catarina Aeroporto Executivo Internacional, em São Roque.

Elon Musk chega ao Brasil. Foto: Reprodução/Twitter/@fabiofaria
Elon Musk chega ao Brasil. Foto: Reprodução/Twitter/@fabiofaria

"Vai ser em São Paulo", disse à AFP uma fonte da presidência. Nenhum detalhe sobre o encontro foi divulgado na agenda oficial. O comunicado também foi feito pelo ministro das Comunicações, Fábio Faria, em suas redes sociais.

O encontro será num hotel de luxo em em Porto Feliz, a 100 km de São Paulo (SP). O Fasano Boa Vista, hotel escolhido para a reunião, "cobra a partir de R$ 2.900 por dia de hospedagem e conta com heliponto, campo de golfe, spa, quadras de tênis e um centro para praticar equitação".

"A convite do ministro das Comunicações, Fábio Faria, o empresário @elonmusk chega ao Brasil nessa sexta-feira para tratar com o governo brasileiro sobre Conectividade e Proteção da Amazônia", escreveu Faria na rede social.

Bolsonaro havia dito mais cedo, em sua transmissão semanal nas redes sociais, que planeja um encontro "reservado" em São Paulo "com uma pessoa muito importante, que é reconhecida no mundo todo e vem para cá oferecer ajuda à nossa Amazônia.

O governo brasileiro anunciou em novembro que estava negociando um acordo para que a Space X proporcionasse internet via satélite na Floresta Amazônica e ajudasse a detectar o desmatamento ilegal.

CEO da SpaceX e da Tesla, Musk é atualmente a pessoa mais rica do mundo, segundo a revista "Forbes", com uma fortuna estimada em US$ 220 bilhões.

Nas últimas semanas, Musk fez uma oferta para assumir o controle do Twitter, em um movimento que foi comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro e por seus apoiadores.

Musk fez uma oferta para assumir o controle do Twitter, em um movimento que foi comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro e por seus apoiadores. REUTERS/Dado Ruvic/Illustration
Musk fez uma oferta para assumir o controle do Twitter, em um movimento que foi comemorado pelo presidente Jair Bolsonaro e por seus apoiadores. REUTERS/Dado Ruvic/Illustration

O presidente teve na rede social uma importante plataforma durante a campanha que o elegeu em 2018 e publica frequentemente na rede. Candidato à reeleição neste ano, Bolsonaro deve novamente ter nas redes sociais uma ferramenta-chave de campanha.

Quais são os interesses de Elon Musk no Brasil?

O magnata já indicou que está nos seus planos instalar a Starlink - sua plataforma de internet via satélite - no Amazonas para oferecer o serviço de internet banda larga para todo o Brasil.

Musk escreveu em sua conta no Twitter a respeito do empreendimento. Confira:

"Super animado por estar no Brasil para o lançamento do Starlink para 19.000 escolas desconectadas em áreas rurais e monitoramento ambiental da Amazônia!", postou.

A expectativa da Starlink seria conquistar pelo menos 60 mil clientes no Brasil no primeiro ano de operações no país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste, segundo os dados repassados pelo governo do Amazonas.

Starlink deve conquistar pelo menos 60 mil clientes no Brasil no primeiro ano de operações no país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
Starlink deve conquistar pelo menos 60 mil clientes no Brasil no primeiro ano de operações no país, principalmente nas regiões Sul e Sudeste (Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)

De acordo com o governo, a Starlink enviou ofício para a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), anunciando o interesse em prover seus serviços de banda larga para os brasileiros.

A SpaceX fabrica sistemas aeroespaciais, transporte espacial e comunicações e dentro da empresa, há o projeto Starlink, criado para desenvolver satélites de baixo custo para integrar sistemas de internet.

Onde será o encontro?

No ano passado, o lugar foi classificado como o 28º melhor do mundo em um ranking de uma revista norte-americana especializada em viagens. Famosos como Manu Gavassi já se hospedaram no empreendimento.

O quarto "deluxe” conta com 60 m², além de uma ampla varanda e vista panorâmica. “As camas têm lençóis de algodão egípcio de 300 fios e travesseiros de pluma de ganso. Muitos dos apartamentos, contam também com acesso direto ao lago do hotel, facilitando um mergulho refrescante”, diz o hotel.

Além disso, o luxuoso local também tem piscinas com borda infinita, spa, áreas para golf, aulas de equitação, espaços para eventos, piquenique, academia e áreas para recarga de automóveis elétricos, especialidade da Tesla, empresa de Elon Musk.

Veja lista dos empresários brasileiros que se encontrarão com Elon Musk

Nomes como André Esteves, da BTG Pactual, Flávio Rocha, da Riachuelo, e Rubens Ometto, da Cosan, são alguns dos empresários brasileiros convidados ao encontro do presidente Jair Bolsonaro e do bilionário Elon Musk, dono da Tesla e SpaceX.

A pauta do almoço desta sexta, regulação na Amazônia e conectividade das escolas, já foi tema de encontros anteriores entre Musk e o governo brasileiro. A lista de convidados foi antecipada pelo colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo.

Confira a lista completa:

André Esteves

Membro do conselho do banco de investimentos BTG Pactual.

Flávio Rocha

Dono da Riachuelo.

Alberto Leite

Presidente-executivo da empresa de segurança e tecnologia FS Security.

​Ricardo Faria

Presidente do conselho da Granja Faria.

Zeco Auriemo

Foi presidente-executivo da companhia de shoppings e do setor imobiliário JHSF até 2014, naquele ano saiu do cargo para exercer somente a presidência do conselho de administração da empresa.

Carlos Sanchez

Dono da farmacêutica focada em genéricos EMS e tem uma fortuna de US$ 1,4 bilhão.

Rubens Ometto

Presidente do conselho de administração da empresa de energia logística Cosan. Estão no guarda-chuva da companhia empresas como Raízen, Moove e Rumo.

Rubens Menin

Presidente da MRV engenharia, do Banco Inter e da CNN Brasil. Foi eleito pela Forbes como o 28º homem mais rico do Brasil em 2022, com patrimônio líquido avaliado em US$ 1,2 bilhão (R$ 5,9 bilhões).

Rodrigo Abreu

Presidente-executivo da Oi, cujas redes móveis estão sendo vendidas para concorrentes após declaração de falência.

​Carlos Fonseca

Fundador da Galapagos Capital, companhia de investimentos criada em 2019, com sede em São Paulo.

José Félix

Presidente da Claro Brasil desde julho de 2015. Antes disso, já havia ocupado cargos de liderança da Net durante mais de 12 anos.

Pietro Labriola

CEO da Telecom Italia.

Alberto Griselli

Presidente da Tim no Brasil.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos