Mercado abrirá em 9 h 25 min

Bolsonaro diz a industriais que é empregado deles e que grande trabalho do governo é não atrapalhar

DANIEL CARVALHO
·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* BRASILIA, DF,  BRASIL,  13-10-2020 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
*ARQUIVO* BRASILIA, DF, BRASIL, 13-10-2020 - O presidente Jair Bolsonaro. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Em um esforço para se aproximar do empresariado, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse a industriais nesta quarta-feira (14) que é empregado deles e que o grande trabalho do governo é não atrapalhar aqueles que querem empreender.

"O grande trabalho nosso, do governo federal, porque nós somos, na verdade, empregados de vocês, é não atrapalhar quem queira empreender e quem queira produzir, em especial, obviamente, quem queira empregar mais gente nossa no Brasil", disse Bolsonaro ao participar virtualmente da cerimônia de posse das novas diretorias da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).

Em um rápido discurso, Bolsonaro afirmou aos industriais que "o Brasil tem jeito e, com pessoas como vocês, nós atingiremos este objetivo [mudar o país]".

Os acenos do presidente aos empresários ocorre em um momento em que o mercado financeiro fica cada mais mais descrente de que o governo conseguirá concluir alguma reforma robusta até o fim do ano.

Bolsonaro voltou a criticar a política de fechamento do comércio para reduzir a transmissão do coronavírus e afirmou que, em seu entendimento, o vírus foi "superdimensionado".

Para Bolsonaro, o país saiu-se bem no enfrentamento à pandemia, mesmo com 5,1 milhões de casos e mais de 150 mil mortes.

"A questão da saúde também tivemos algum sucesso em relação ao resto o mundo, em especial quando colocamos um general na Saúde", disse ele, referindo-se ao general Eduardo Pazuello, com quem encontrou-se logo após a cerimônia.