Mercado abrirá em 1 h 50 min
  • BOVESPA

    101.915,45
    -898,58 (-0,87%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.698,72
    -97,58 (-0,20%)
     
  • PETROLEO CRU

    69,21
    +3,03 (+4,58%)
     
  • OURO

    1.784,40
    +7,90 (+0,44%)
     
  • BTC-USD

    57.105,66
    +294,11 (+0,52%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.471,97
    +29,19 (+2,02%)
     
  • S&P500

    4.567,00
    -88,27 (-1,90%)
     
  • DOW JONES

    34.483,72
    -652,22 (-1,86%)
     
  • FTSE

    7.158,05
    +98,60 (+1,40%)
     
  • HANG SENG

    23.658,92
    +183,66 (+0,78%)
     
  • NIKKEI

    27.935,62
    +113,86 (+0,41%)
     
  • NASDAQ

    16.379,00
    +228,50 (+1,41%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3961
    +0,0261 (+0,41%)
     

Bolsonaro decidirá sobre auxílio emergencial essa semana

·1 min de leitura
O presidente Jair Bolsonaro disse que questão do auxílio será resolvida essa semana
O presidente Jair Bolsonaro disse que questão do auxílio será resolvida essa semana
  • Durante discurso Bolsonaro promete “bater o martelo” na prorrogação do auxílio emergencial até sábado;

  • Fontes afirmam que ideia é aumentar valor e duração do programa até final de 2022;

  • Auxiliares do presidente veem possibilidade de aumentar número de apoiadores até as eleições.

Nesta segunda-feira (18) durante na cidade de São Roque de Minas, a 320 km de Belo Horizonte, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que até o final da semana o Governo Federal vai confirmar a prorrogação do auxílio emergencial. "Se Deus quiser nós resolveremos nessa semana a questão da extensão do auxílio emergencial", declarou o presidente.

"A questão do auxílio emergencial, que está batido o martelo no seu valor, juntamente com Paulo Guedes no dia de sábado último, juntamente com João Roma, ministro que está do meu lado, Onyx Lorenzoni, o Pedro da Caixa entre outros, é um valor para dar dignidade a esses necessitados.", disse o presidente.

O auxílio emergencial, que está em seu último mês, atualmente tem um repasse de valor entre R$ 150 a R$ 375. Segundo fontes, auxiliares próximos ao presidente estudam estender o benefício até o fim de 2022 e aumentar seu valor para em torno de R$ 400 a R$ 500. Objetivo é tentar animar o eleitorado às vésperas da eleição presidencial.

Como o Auxílio Brasil, programa de Bolsonaro que substituiria o Bolsa Família, não teve uma solução aprovada ainda, estuda-se também combinar o Bolsa Família com o auxílio emergencial. A ideia seria capaz de incrementar os beneficiários do programa para as 14,6 milhões de famílias brasileiras cadastradas no Bolsa Família.

Em seu discurso na "Jornada das Águas", Bolsonaro também voltou a falar da alta de preços, e justificou dizendo que a crise é global. "Muitos países de primeiro mundo estão enfrentando até desabastecimento no tocante a alimentos. A crise energética explode aí fora, mas nós temos obrigação de buscar solução para todos vocês", finalizou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos