Mercado fechará em 3 h 57 min
  • BOVESPA

    118.659,61
    -986,79 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    45.324,16
    +198,45 (+0,44%)
     
  • PETROLEO CRU

    52,90
    -0,41 (-0,77%)
     
  • OURO

    1.862,40
    -4,10 (-0,22%)
     
  • BTC-USD

    31.174,22
    -2.327,88 (-6,95%)
     
  • CMC Crypto 200

    621,29
    -58,61 (-8,62%)
     
  • S&P500

    3.851,43
    -0,42 (-0,01%)
     
  • DOW JONES

    31.185,28
    -3,10 (-0,01%)
     
  • FTSE

    6.736,27
    -4,12 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    29.927,76
    +285,48 (+0,96%)
     
  • NIKKEI

    28.756,86
    +233,60 (+0,82%)
     
  • NASDAQ

    13.323,25
    +29,00 (+0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4898
    +0,0818 (+1,28%)
     

Bolsonaro culpa Pazuello por atraso de vacina, e Maia chama presidente de "covarde"

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura

Jair Bolsonaro (sem partido) culpou o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, pelo atraso da vacina contra o novo coronavírus, boicotada pelo próprio presidente em discursos contrários à imunização.

Segundo a revista Veja, Bolsonaro disse em uma reunião ministerial que a Covid-19 “baqueou Pazuello e que ele não dá conta de mais nada”.

Leia também

A fala contradiz uma declaração falsa do presidente. Quando o ministro havia contraído o coronavírus, ele disse que o chefe da pasta não teve sintomas porque era “mais um caso concreto de que a hidroxicloroquina deu certo”.

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), compartilhou a reportagem de Veja no Twitter. “Bolsonaro é covarde”, escreveu.

Durante live com Bolsonaro, na última quinta-feira (7), Pazuello afirmou que, na “melhor hipótese”, o Plano Nacional de Imunização (PNI) começa em 20 de janeiro. Numa previsão que ele chamou de "média", o período de início se estende até 10 de fevereiro; numa hipótese mais demorada, a campanha começaria em março.