Mercado fechado
  • BOVESPA

    126.003,86
    +951,08 (+0,76%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.897,79
    +629,34 (+1,25%)
     
  • PETROLEO CRU

    72,12
    +0,21 (+0,29%)
     
  • OURO

    1.796,00
    -3,20 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    36.962,42
    -1.423,66 (-3,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    872,54
    -42,95 (-4,69%)
     
  • S&P500

    4.422,30
    +10,51 (+0,24%)
     
  • DOW JONES

    35.144,31
    +82,76 (+0,24%)
     
  • FTSE

    7.025,43
    -2,15 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    25.998,26
    -194,06 (-0,74%)
     
  • NIKKEI

    27.972,71
    +139,42 (+0,50%)
     
  • NASDAQ

    15.093,25
    -24,50 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1089
    -0,0014 (-0,02%)
     

Bolsonaro confirma Mário Frias na Secretaria de Cultura

·1 minuto de leitura
Mário Frias já havia se colocado à disposição do presidente (Foto: Divulgação)
Mário Frias já havia se colocado à disposição do presidente (Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro confirmou o ator Mário Frias como o novo secretário Especial da Cultura do governo de Jair Bolsonaro no lugar de Regina Duarte, que deixou o cargo no final de maio. Frias se reuniu com Bolsonaro, nesta quinta-feira (18), no Palácio do Planalto.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

O presidente chegou a sondar outros nomes para a Secretaria de Cultura, mas acabou anunciando o ator.

Leia também

Mário Fria intensificou a defesa ao governo nas redes sociais nos últimos dias. O ator ficou conhecido por participar da novela adolescente Malhação, da Rede Globo, no final dos anos 1990.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Em uma rede social, ele resumiu sua carreira: “A história de um jovem brasileiro que nos encanta na telinha desde 1996”.

“OBSCURANTISMO”

A nomeação de Mário Frias como secretário Especial de Cultura é vista com desconfiança por parlamentares e líderes partidários.

Na avaliação do senador Fabiano Cantarato (Rede-ES), a secretaria ainda deve atravessar um longo inverno de obscurantismo.

“Se a gestão ruidosa de Regina terminou, o mesmo não se pode dizer sobre o obscurantismo na Cultura, que ainda atravessará um longo inverno”.

Siga o Yahoo Notícias no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos