Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.750,22
    +1.458,62 (+1,30%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    43.646,03
    -288,18 (-0,66%)
     
  • PETROLEO CRU

    46,09
    +0,45 (+0,99%)
     
  • OURO

    1.842,00
    +0,90 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    18.954,31
    +59,79 (+0,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    365,19
    -14,05 (-3,71%)
     
  • S&P500

    3.699,12
    +32,40 (+0,88%)
     
  • DOW JONES

    30.218,26
    +248,74 (+0,83%)
     
  • FTSE

    6.550,23
    +59,96 (+0,92%)
     
  • HANG SENG

    26.835,92
    +107,42 (+0,40%)
     
  • NIKKEI

    26.751,24
    -58,13 (-0,22%)
     
  • NASDAQ

    12.509,25
    +47,00 (+0,38%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2497
    +0,0137 (+0,22%)
     

Bolsonaro anuncia nova redução de imposto sobre videogames

RICARDO DELLA COLETTA
·2 minuto de leitura

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira (26) a redução do IPI (imposto sobre produtos industrializados) para videogames, numa nova rodada de corte da carga tributária sobre o setor. Bolsonaro tomou a medida em meio a uma grave crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus, em que o governo federal enfrenta dificuldades de arrecadação. Em mensagem em uma rede social, Bolsonaro disse que será diminuída a alíquota sobre consoles e máquinas de jogos de 40% para 30%. Já o imposto de partes e acessórios de consoles e máquinas de jogos cairá de 32% para 22%; e a alíquota sobre máquinas de jogos de vídeo com tela incorporada e sua partes será reduzida de 16% para 6%. Bolsonaro disse ainda que as mudanças estarão no Diário Oficial da União de terça-feira (27). O IPI sobre esses produtos já havia sido reduzido pelo governo Bolsonaro no ano passado. O filho mais novo do presidente, Jair Renan, atua no ramo de jogos eletrônicos e, no final de agosto, se reuniu com o secretário especial da Cultura, Mario Frias, para tratar dos chamados eSports. O encontro, que não apareceu na agenda oficial de Frias, foi divulgado inicialmente em uma rede social de Jair Renan, estudante de direito. "Hoje tive uma reunião importante com o secretário de Cultura, Mario Frias", escreveu o 04 em seu perfil no Instagram. "O futuro do 'esport' sendo pautado", acrescentou ele na legenda da foto em que aparece ao lado do secretário, diante de uma bandeira do Brasil e de uma foto de Bolsonaro. Os eSports, ou esportes eletrônicos, são "competições disputadas em games eletrônicos em que os jogadores atuam como atletas profissionais de esportes tradicionais e são vistos por uma audiência presencial ou online, através de diversas plataformas de stream online ou TV", segundo definição que aparece no site da CBeS, a Confederação Brasileira de eSports. Sobre o encontro, a secretaria respondeu à época apenas que o Frias "recebeu o senhor Jair Renan Bolsonaro para tratar de assuntos relacionados ao futuro dos eSports". Em maio, o filho 04 de Bolsonaro foi banido da Twitch, plataforma de streaming de games. Em uma transmissão à época, ele negou a pandemia e a necessidade de distanciamento social. A decisão do presidente de reduzir impostos que incidem sobre videogames ocorre depois que o governo, como parte da reforma tributária encaminhada ao Congresso, propôs a eliminação de isenções que valem para livros. Em agosto, o Ministério da Economia confirmou a intenção de acabar com a isenção do livro, ressaltando que não se trata de nova taxação, mas de um benefício que não será mantido. "A CBS (Contribuição Social sobre Operações com Bens e Serviços) tem como pressuposto a não concessão de benefícios", disse o ministério, em nota. "Nesse sentido, foram eliminadas as hipóteses de alíquota zero (eram mais de cem) antes previstas. Assim, foi também eliminada a alíquota zero que se aplicava nas operações com livros."