Mercado fechado

Bolsonaro alfineta Moro e diz que André Mendonça é ‘muito melhor do que o outro que nos deixou’

Anita Efraim
·1 minuto de leitura
Brazil's President Jair Bolsonaro, right, talks with his Justice Minister Sergio Moro during a ceremony with the new Generals of the Army, in Brasilia, Brazil, Friday, Aug. 9, 2019. (AP Photo/Eraldo Peres)
Ex-ministro Sergio Moro e o presidente Jair Bolsonaro (Foto: AP Photo/Eraldo Peres)

A troca de farpas entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e o ex-ministro Sergio Moro continuou nesta quinta-feira, 8. Em uma cerimônia de formação de policiais federais em Brasília, o presidente disse que considera André Mendonça, atual ministro da Justiça, melhor que Moro.

O presidente garantiu que tem escolhido os ministros do governo por competência e que não dá motivos para a Polícia Federal ir atrás dos integrantes do governo.

“Eu tenho colaborado com a Polícia Federal, ajudando, de que forma? Bastante, ao escolher ministros não por apadrinhamento, mas por critério de competência, como temos aqui o ministro da Justiça, André Mendonça”, disse.

“Me desculpa, muito, mas muito melhor do que o outro que nos deixou há pouco tempo”, disse Bolsonaro, ainda falando sobre Mendonça.

Leia também

Os ataques entre Bolsonaro e Moro começaram na última quarta-feira, 7, quando o presidente disse que acabou com a Operação Lava Jato porque não há mais corrupção no governo.

Visto como ícone da operação, Moro usou as redes sociais para responder o presidente: “As tentativas de acabar com a Lava Jato representam a volta da corrupção. É o triunfo da velha política e dos esquemas que destroem o Brasil e fragilizam a economia e a democracia.”