Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,68
    -0,29 (-0,40%)
     
  • OURO

    1.754,20
    +2,80 (+0,16%)
     
  • BTC-USD

    47.089,95
    -861,45 (-1,80%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.193,48
    -32,05 (-2,61%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.920,76
    +252,96 (+1,03%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.321,00
    -5,00 (-0,03%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1950
    -0,0044 (-0,07%)
     

Bolsonaro afirma que 'PP passa a ser uma possibilidade de filiação'

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA — O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira que o PP virou uma "possibilidade de filiação". O presidente da legenda é o senador Ciro Nogueira (PI), que aceitou o convite de Bolsonaro para ser ministro da Casa Civil.

Bolsonaro, que está sem legenda desde o final de 2019, admitiu que está sendo "quase impossível" encontrar uma sigla onde possa ter o "domínio".

— Tentei e estou tentando um partido que eu possa chamar de meu e possa, realmente, se for disputar a Presidência, ter o domínio do partido. Está difícil, quase impossível. Então, o PP passa a ser uma possibilidade de filiação nossa — disse o presidente, em entrevista a uma rádio do Mato Grosso do Sul.

Como o GLOBO mostrou, o convite a Ciro aproximou Bolsonaro do PP. Sem legenda, o presidente demonstrou interesse em se filiar a uma sigla menor, como o Patriota, onde não há consenso para receber o chefe do Executivo.

Os principais aliados de Bolsonaro, porém, sempre defenderam que ele buscasse um partido estruturado e com musculatura para fazer frente a um duelo com o PT nas próximas eleições. A tese, no entanto, não é unanime dentro da legenda, embora integrantes do PP garantam que estarão com Bolsonaro em 2022.

Além disso, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) confirmou ao GLOBO que a ida do senador para a Casa Civil fortalece as tratativas para filiação. Flávio ponderou que o convite não foi feito com essa intenção, mas que a proximidade que passarão a ter no dia a dia facilita a migração para a legenda.

O filho do presidente lembrou, contudo, que o PP é aliado do PT em estados como a Bahia e que assuntos regionais terão que ser discutidos caso a conversa para filiação se aprofunde.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos