Mercado fechará em 3 h 22 min

Bolsas de NY recuam, apesar de balanços de bancos acima do esperado

André Mizutani e Gabriel Roca
·3 minutos de leitura

O Dow Jones fechou em queda de 0,58%, enquanto o S&P 500 recuou 0,66% e o Nasdaq cedeu 0,80%, mesmo com os balanços dos bancos Goldman Sachs e Bank of America acima das expectativas Os índices acionários de Nova York fecharam em queda nesta quarta-feira (14), com as ações do setor financeiro estendendo as perdas de ontem, em meio à divulgação dos balanços dos grandes bancos americanos para o terceiro trimestre. O Dow Jones fechou em queda de 0,58%, a 28.514,00 pontos, enquanto o S&P 500 recuou 0,66%, a 3.488,67 pontos, e o Nasdaq cedeu 0,80%, a 11.768,73 pontos. As ações do setor financeiro fecharam em queda de 1,07% no S&P 500 hoje, mesmo com os balanços dos bancos superando, em geral, a expectativa dos investidores. Embora as ações do setor não tenham sido as mais acentuadas do dia, a queda estende as perdas de 1,86% do setor ontem. “Os CEOs dos bancos foram um pouco mais cautelosos do que algumas pessoas esperavam que fossem”, disse Matt Peron, diretor de pesquisa da Janus Henderson Investors, em entrevista ao MarketWatch. Peron acredita que a postura mais conservadora sinalizada pelos executivos do setor bancário sobre o ritmo da recuperação econômica é prudente, apesar da falta impactos significativos nas carteiras de empréstimos das companhias. O Goldman Sachs reportou um lucro de US$ 9,68 por ação no terceiro trimestre, superando com bastante folga a expectativa de consenso, de lucro de US$ 5,57 por ação, mas a ação do banco fechou em alta de apenas 0,20%. A ação do Bank of America, por sua vez, recuou 5,33%, mesmo após o banco reportar resultados trimestrais acima da expectativa de consenso ao reportar lucro de US$ 0,51 por ação, contra expectativa de US$ 0,49. Já a ação do Wells Fargo caiu 6,02%, depois do banco reportar lucro de US$ 0,42 por ação, contra expectativa de US$ 0,45. O comportamento repete o que aconteceu na terça (13), quando a ação do J.P. Morgan fechou em queda de 1,62% e a do Citigroup recuou 4,80%, mesmo depois de ambos os bancos reportarem lucros acima do esperado para o terceiro trimestre. Hoje, a ação do J.P. Morgan fechou em queda de 0,56% e a do Citigroup recuou 1,49%. Wall Street também tem observado de perto as negociações no Congresso sobre outro pacote de estímulo fiscal para ajudar as empresas e famílias atingidas pela pandemia de covid-19. Em Washington, a presidente da Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, disse que a falta de um plano estratégico nacional de testes para detectar o novo coronavírus pelo governo Trump era uma "grande área de desacordo", em meio às negociações com o secretário do Tesouro americano, Steven Mnuchin. "Neste ponto, fazer alguma coisa antes da eleição e executá-la seria difícil", disse Mnuchin, hoje, em uma discussão on-line hospedada pelo Milken Institute.