Bolsas de NY passam a subir após ISM de Chicago

As Bolsas de Nova York inverteram a queda e passaram a subir após o Instituto para Gestão de Oferta (ISM) divulgar que seu índice de atividade dos gerentes de compra (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial de Chicago subiu para 55,6 em janeiro, da leitura revisada para baixo de 50,0 em dezembro, atingindo o maior nível desde abril de 2012.

Logo após a abertura, os mercados de ações estavam sem direção clara, depois de uma série de indicadores sobre a economia dos Estados Unidos e ainda pressionados pela queda inesperada no Produto Interno Bruto (PIB) do país no 4º trimestre do ano passado e a leitura cautelosa do Federal Reserve sobre a economia norte-americana. Mas as Bolsas passaram a subir minutos antes do dado do ISM, o que pode inclusive sugerir que houve um vazamento.

Por volta das 13h (horário de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,17%, o Nasdaq ganhava 0,30% e o S&P 500 tinha alta de 0,07%. As informações são da Dow Jones.

Carregando...