Bolsas em NY abrirão sob expectativa de ata do Fed

Os índices futuros das bolsas norte-americanas oscilam perto da estabilidade nesta quarta-feira, sinalizando uma abertura sem rumo claro do pregão. A expectativa maior do dia é para a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve. Às 11h05 (horário de Brasília), o Dow Jones futuro subia 0,04%, o Nasdaq tinha alta de 0,04% e o S&P 500 ganhava 0,02%.

A última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) do Fed, no final de janeiro, não teve muitas novidades, mas relatórios de bancos divulgados nesta quarta-feira apontam que a ata da reunião pode ter surpresas, como ocorreu na ata da reunião de dezembro. A transcrição da última reunião de 2012 surpreendeu o mercado ao mencionar que o Fed pode parar este ano de comprar ativos para injetar dinheiro no mercado financeiro e estimular a economia. A dúvida seria em que momento ao longo de 2013 essa política seria interrompida.

O economista chefe para os EUA do HSBC, Kevin Logan, acha que, assim como na ata divulgada em janeiro, a desta quarta-feira deve conter pontos específicos sobre a discussão das vantagens e desvantagens da política de compra de ativos, mas o economista acredita que o Fed não deve sinalizar que vai parar com essa política agora.

Entre os indicadores da economia norte-americana, nesta quarta-feira foram divulgadas as construções de moradias iniciadas, com números de janeiro, que caíram 8,5%, para 890 mil, ante expectativa de 922 mil de Wall Street. A redução recente nas permissões para construção já sinalizava que a construção de moradias iniciadas iria cair em janeiro, mas o número acabou surpreendendo, destaca em um e-mail a clientes o economista chefe para os EUA do RBC Capital Markets, Tom Porcelli.

No noticiário corporativo, o destaque do dia é a negociação da fusão entre duas grandes redes de papelaria e material de escritório dos EUA, a Office Depot e a OfficeMax. Na terça-feira (19), foi confirmada oficialmente a operação pelas empresas, em uma nota escondida no meio do balanço do quarto trimestre da Office Depot. Pelo comunicado, a empresa vai adquirir a Office Max em um negócio feito totalmente por troca de ações. No pré-mercado, o papel da Office Depot subia 7,77% e o da OfficeMax ganhava 8,46%.

A fabricante de computadores Dell anunciou, na terça-feira (19)à noite, queda de lucro e receitas, mas mesmo assim o número veio melhor do que o esperado pelos analistas de tecnologia. A dúvida agora é se a empresa vai subir o preço da ação dentro da operação para fechar seu capital. Alguns acionistas minoritários acharam o preço baixo e disseram que não vão aderir à oferta. Na terça-feira (19), na teleconferência para falar do balanço, os executivos da empresa não quiseram comentar sobre a venda da Dell. No pré-mercado, a ação operava perto da estabilidade.

O American Depositary Share (ADS) da Sony subia 0,22% no pré-mercado, com a expectativa de que a empresa japonesa anuncie na noite desta quarta-feira detalhes da nova versão de seu videogame, o PlayStation 4. A Sony fará um evento em Nova York e, em meio a expectativas, o papel chegou a subir mais de 2% no pré-mercado.

Carregando...