Mercado fechado

Bolsas de Nova York fecham com ganhos, mas não evitam queda semanal

Gabriel Roca

Os principais índices acionários de Nova York encerraram a sessão com ganhos, após terem oscilado algumas vezes ao longo dia para o território negativo. Com notícias contraditórias sobre o progresso das negociações comerciais entre Estados Unidos e China, as ações em Wall Street registraram leve recuo na semana, mas conseguiram permanecer próximas de suas máximas históricas.

Na Bolsa de Valores de Nova York (Nyse), o Dow Jones terminou o dia com ganhos de 0,39%, aos 27.875,62 pontos, enquanto o S&P 500 terminou o pregão aos 3.110,29 pontos, em valorização de 0,22%. O índice eletrônico Nasdaq avançou 0,16%, a 8.519,88 pontos.

No acumulado da semana, o Dow Jones recuou 0,46%, o S&P 500 cedeu 0,33% e o índice de tecnologia recuou 0,25%. A queda encerra uma sequência de quatro semanas de ganhos para o Dow Jones, seis para o S&P 500 e sete para o Nasdaq.

Desde o início de outubro, o mercado acionário americano superou recordes históricos sucessivamente, impulsionado pelo aparente avanço nas negociações entre as duas maiores economias do mundo.

Hoje, os índices firmaram a trajetória de alta após o presidente americano, Donald Trump, ter dito que o acordo parcial com a China está "muito próximo". Em sinalização irônica, no entanto, Trump também afirmou que os chineses estão mais interessados em fechar o acordo do que os EUA.

"Ele [Xi Jinping] quer fazer um acordo muito mais do que eu. Não estou ansioso em fechar o acordo. Estamos arrecadando bilhões de dólares em tarifas", afirmou.

O presidente da China, Xi Jinping, havia dito mais cedo que os Estados Unidos e a China estão em um momento crítico das conversas e devem evitar 'mal-entendidos', enquanto direcionam as negociações "para o caminho certo".

Xi também disse que seu país "está trabalhando ativamente para tentar não ter uma guerra comercial" e que quer trabalhar em direção a um acordo inicial com base no "respeito e igualdade mútuos", afirmou, em um raro conjunto de observações sobre as negociações comerciais.

O setor financeiro liderou os ganhos do S&P 500 na sessão, com alta de 0,76%. No índice Dow Jones, as ações da Pfizer tiveram os maiores ganhos diários, em alta de 1,56%.