Mercado fechará em 4 h 47 min
  • BOVESPA

    113.129,13
    -1.518,86 (-1,32%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.597,35
    -201,03 (-0,38%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,01
    +0,73 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.768,20
    -0,10 (-0,01%)
     
  • BTC-USD

    62.072,26
    +1.210,09 (+1,99%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.452,83
    +1,19 (+0,08%)
     
  • S&P500

    4.469,42
    -1,95 (-0,04%)
     
  • DOW JONES

    35.200,11
    -94,65 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.189,28
    -44,75 (-0,62%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.136,00
    +1,50 (+0,01%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4152
    +0,0114 (+0,18%)
     

Bolsas mundiais dão sinais de recuperação após tombo da véspera por temor de calote da chinesa Evergrande

·2 minuto de leitura

HONG KONG, TÓQUIO E LONDRES — Os mercados mundiais se estabilizaram nesta terça-feira, um dai deppois de a possibilidade de um colapso da gigante imobiliária Evergrande ter derrubado as bolsas de valores em todo o mundo na segunda-feira.

Os investidores se mostravam mais confiantes de que o contágio da crise da Evergrande seria limitado e buscavam sinais de uma possível intervenção de Pequim para conter qualquer efeito dominó em potencial na economia global.

Na Bolsa de Hong Kong, onde as ações da Evergrande são negociadas, o índice Hang Seng recuperou em parte as perdas de segunda-feira e fechou em alta de 0,51%, com o setor imobiliário do índice fechando a sessão de em alta de 2,97%, depois de cair 6,69% no pregão de segunda. As ações da Evergrande, no entanto, chegaram a registrar queda de 7%, mas reverteram as perdas, recuando 0,44% no fechamento.

Em meio a um feriado em vários mercados asiáticos, as ações da Evergrande caíram10,24% em Hong Kong na segunda-feira, derrubando a Bolsa local, que fechou em queda de 3,3%.

Na China continental, os mercados financeiros seguem fechados devido a um feriado nacional, retornando do fim de semana prolongado somente nesta quarta-feira. Já a bolsa de Tóquio reabriu nesta terça-feira com o índice Nikkei fechando em queda de 2,17%, ainda refletindo a volatilidade do dia anterior nos mercados globais.

Na Europa, as bolsas operam em alta. Em LOndres, o índice FTSE-100 avançava 1,19%, tendência registrada em Frankfurt, onde o Dax subia 1,47%. O Índice CAC-40, da Bolsa de Paris, subia 1,48%.

Ao mesmo tempo que analistas minimizavam a ameaça de que os problemas da Evergrande se tornem o "momento Lehman" do país, em um esforço para amenizar a ansiedade dos investidores, o presidente da Evergrande, Hui Ka Yuan, disse em uma carta à equipe que a empresa está confiante de que "sairá de seu momento mais sombrio" e entregará projetos imobiliários conforme prometido, informou a mídia local na terça-feira.

Na carta, o presidente da incorporadora imobiliária carregada de dívidas, também disse que Evergrande cumprirá responsabilidades para com os compradores de propriedades, investidores, parceiros e instituições financeiras.

Esta semana é decisiva para a Evergrande, pois ela tem várias dívidas a vencer até quinta-feira, e o temor ainda é de um posspivel calote. A companhia é a incorporadora mais endividada do mundo, com US$ 300 bilhões em débitos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos