Bolsas europeias fecham em direções divergentes

As bolsas europeias fecharam sem direção única nesta sexta-feira, 21, depois de oscilarem entre o terreno negativo e o positivo, mas obtiveram sólidos ganhos na semana. A melhora no índice de confiança do consumidor da zona do euro divulgado no fim do pregão deu força às ações, embora não tenha impedido as bolsas de Lisboa e Milão de fecharem na mínima do dia. O índice pan-europeu Stoxx 600 subiu 0,1%, para 327,91 pontos, encerrando a semana com avanço de 1,8%.

O índice de confiança do consumidor da zona do euro registrou -9,3 em março, de -12,7 em fevereiro, de acordo com dados preliminares divulgados pela Comissão Europeia, o braço executivo da União Europeia. A leitura é a mais alta desde novembro de 2007 e veio acima das expectativas. Analistas consultados pela Dow Jones Newswires previam o índice a -12,4.

De acordo com economistas, o resultado do índice é animador para o bloco da moeda e sugere que a crise da Ucrânia não tem preocupado os consumidores ainda.

Em Londres, o índice FTSE-100 teve alta de 0,23%, para 6.557,17 pontos, puxado por ações de empresas do setor de recursos naturais. Anglo American subiu 2,0% e Royal Dutch Shell ganhou 0,5%. Por outro lado, Burberry Group caiu 1,2% depois de o Bank of America Merrill Lynch rebaixar a recomendação da empresa de produtos de luxo de "comprar" para "neutra". Na semana o FTSE-100 acumulou alta de 0,45%.

Na Bolsa de Frankfurt, o índice DAX avançou 0,50%, para 9.342,94 pontos, levando a uma alta de 3,16% na semana. O índice CAC 40, de Paris, subiu 0,17%, para 4.335,28, e fechou a semana com avanço de 2,82%. As ações da Bouygues caíram 2,6% após a empresa francesa elevar na quinta-feira a parte em dinheiro da sua oferta para adquirir a SFR, a unidade móvel da Vivendi SA. As ações da Vivendi perderam 1,4%.

Por outro lado, em Milão, o índice FTSE Mib encerrou em queda de 0,58%, para 20.972,24, na mínima da sessão, com baixas em ações do setor financeiro. Os papéis do Banca Monte Paschi di Siena recuaram 2,1% e os da Mediobanca caíram 2%. Na semana, o índice ganhou 2,70%.

O índice IBEX 35, de Madri, perdeu 0,27%, aos 10.053,10 pontos, contudo teve uma ganho de 2,46% na semana. Já em Lisboa, o índice PSI20 cedeu 0,17%, aos 7.467,65 pontos, e fechou a semana com um avanço de 2,06%.

Carregando...