Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.355,84
    -525,51 (-1,46%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Bolsas em NY fecham em queda com dados econômicos fortes alimentando receio sobre inflação

·1 minuto de leitura

Por Lewis Krauskopf e Shashank Nayar e Medha Singh

(Reuters) - As bolsas norte-americanas fecharam a quinta-feira no vermelho, com ações de tecnologia pressionado o S&P 500 e o Nasdaq Composite, enquanto investidores contrabalançaram preocupações sobre a inflação e o risco de menos estímulo com algum alívio sobre aumentos de impostos corporativos.

O Dow teve uma queda mais branda, já que as ações se recuperaram um pouco depois de relatos de que o presidente Joe Biden propôs descartar sua proposta de aumentar tributos para empresas.

Dados sobre auxílio-desempenho e números sobre a criação de empregos no setor privado melhores do que o esperado para maio endossaram o fortalecimento das condições de trabalho. Investidores agora aguardam relatório do governo dos EUA sobre emprego que será divulgado na sexta-feira. Uma medida da atividade do setor de serviços aumentou para um nível recorde.

Investidores busca, saber se dados econômicos robustos podem levar o Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) a reduzir o apoio monetário liberado durante a pandemia do coronavírus mais cedo do que o esperado.

"O mercado está digerindo dados econômicos fortes com algumas pressões inflacionárias e determinando se isso mudará o momento da redução gradual do Fed e como incluir isso nos preços das ações", disse Brad Neuman, diretor de estratégia de mercado da Alger em Nova York.

O Dow Jones caiu de 0,07%, para 34.577,04 pontos, o S&P 500 perdeu 0,36%, para 4.192,85 pontos, e o Nasdaq recuou 1,03%, a 13.614,51 pontos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos