Bolsas devem abrir em queda nos EUA nesta quinta-feira

As bolsas de Nova York devem abrir em queda nesta quinta-feira, após indicadores econômicos negativos nos EUA, a contração no PIB da zona do euro no terceiro trimestre e o balanço decepcionante do Walmart. Às 12h15 (de Brasília), o índice Dow Jones futuro caía 0,19%, o Nasdaq subia 0,11% e o S&P 500 ganhava 0,02%.

Hoje, o Departamento do Trabalho dos EUA divulgou que o número de trabalhadores norte-americanos que entraram pela primeira vez com pedido de auxílio-desemprego subiu 78 mil, para 439 mil, após ajustes sazonais, na semana até 10 de novembro. No entanto, os dados foram distorcidos pela forte tempestade Sandy, que fechou os governos estaduais e deixou milhares de desabrigados no Nordeste do país.

Já o índice de atividade industrial regional Empire State, medido pelo Federal Reserve de Nova York, melhorou para -5,22 em novembro, de -6,16 em outubro, contrariando a previsão dos economistas ouvidos pela Dow Jones, que esperavam uma leitura de -8,2. Mesmo assim, é o quarto mês seguido que o indicador fica em território negativo, o que indica contração da atividade.

E o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) subiu 0,1% em outubro ante setembro. O dado veio em linha com a expectativa de economistas consultados pela Dow Jones. O núcleo do CPI, que exclui os preços voláteis de energia e alimentos, subiu 0,2%, um pouco acima das estimativas dos analistas, que esperavam alta de 0,1%.

Na Europa, o PIB da zona do euro recuou 0,1% no terceiro trimestre ante o segundo, de acordo com dados da agência oficial de estatísticas Eurostat. Como essa é a segunda queda trimestral consecutiva no PIB, o bloco entrou oficialmente em recessão, a segunda desde 2009.

No noticiário corporativo, as ações do Walmart perdiam 2,87% no pré-mercado, após a companhia divulgar que seu lucro líquido no trimestre encerrado em 26 de outubro subiu 9%, para US$ 3,64 bilhões (US$ 1,08 por ação). O problema é que a receita, de US$ 113,9 bilhões, ficou abaixo das estimativas dos analistas, de US$ 114,96 bilhões.

Os papéis da Diamond Foods despencavam 22,51%. A empresa reportou na noite de ontem que teve prejuízo nos primeiros três trimestres do ano. As informações são da Dow Jones.

Carregando...