Mercado fechado

Bolsas da Europa operam mistas; Euronext e espanhola BME são destaques

Valor

Ações mantêm nível atingido após seis semanas consecutivas de ganhos As ações europeias mantêm, nesta segunda-feira, os níveis atingidos após seis semanas consecutivas de ganhos, com a maior parte do movimento ocorrendo em situações de fusão de empresas.

Por volta de 8h15, o índice Stoxx Europe 600 apontava alta de 0,12%, para 406,51 pontos.

O alemão DAX DAX caía 0,14%,a 13.222,56 pontos, o francês CAC 40 recuava 0,22%, a 5.925,96 pontos, e o britânico FTSE 100 subia 0,09%, a 7.309,87 pontos, todos experimentando poucas mudanças desde a abertura da sessão. Em Milão, o FTSE MIB recuava 0,18%, a 23.545,19 pontos, enquanto em Madri o Ibex 35 cedia 0,16%, a 9.246,30 pontos.

Na sexta-feira, nos EUA, o índice Dow Jones Industrial Average ultrapassou o nível de 28 mil pontos, alcançando um novo recorde histórico. Nesta manhã, os futuros de ações nos EUA operam em alta de cerca de 0,20%.

No fim de semana, o Morgan Stanley informou que estava encerrando a recomendação de baixa ponderação sobre ações globais que mantinha desde julho, com expectativas de uma melhora da economia mundial. A corretora diz que prefere agora ações fora dos EUA devido a sua reavaliação do cenário.

Não houve muitos acontecimentos macro nos últimos dias, embora o Banco Popular da China (PBoC) tenha reduzido a sua taxa de recompra de sete dias pela primeira vez desde 2015, de 2,55% para 2,50%. As bolsas asiáticas fecharam esta segunda-feira em alta, com o índice Hang Seng de Hong Kong avançando 1,4% e o japonês Nikkei ganhando 0,49%.

As ações da bolsa de valores espanhola BME disparam quase 38% (para 30 euros) depois que a Euronext confirmou que está em negociações para comprá-la. As ações da Euronext sobem 1,4% em Paris nesta manhã.